Rio de Janeiro, 18 de Novembro de 2017

Leite derramado

 Estou dentro de uma situação que  nem sei como entrei.

Fiz amizade com um casal.

Só que esse casal é um casal de homens, ou seja, são homossexuais.

Nossa amizade foi se estreitando, ficando mais forte.

Tudo corria bem, até que comecei a perceber que sentia algo mais forte do que amizade por um deles.

No inicio, não percebia, até que comecei a sentir ciúmes dele com o parceiro.

Com isso acabei brigando com eles por uma situação boba e cotidiana. Agora rompemos relação, mas sofro, pois continuo apaixonada por ele.

 

Magda – Santo Amaro

 

 

Leite Derramado

Muitas vezes, quando crianças, desejamos coisas que, naquele momento, não podemos ter. Aí fazemos birra, esperneamos, choramos até conseguir o que queremos.  Seu ciúme foi a birra que sua “criança” fez.

Agora você chora e se frustra porque apesar de tudo ainda continua sem seu brinquedo.  A sensação de incompletude agora lhe atormenta. Mas focar nisso não vai ajudar a você diante da sua questão. O leite já foi derramado e caldo entornou. Mas seguindo adiante, vale a pena se questionar o porquê que isso aconteceu?  Será  que essa pessoa tem as qualidades e as características do homem que você procura, ou pelo qual você se apaixonaria? Será que o seu medo de amar ou se relacionar fez com que você projetasse um amor, uma paixão, só porque você já sabia, mesmo que inconscientemente, que não iria conseguir vivê-la? Esse fato é comum hoje em dia. Porque será que os gays apresentam tanto fascínio com mulheres? Porque são disponíveis para a relação, porque sabem ouvir e são sensíveis.  Porém não podem dar o que é de extrema valia para um casal, a intimidade sexual, o prazer.

De fato essa situação não a levará a nada, a não ser a impossibilidade de viver uma relação inteira. Procure um homem que possa ser seu e que possa te dar o que você precisa e procura. Seja feliz!

 

 

Crédito:Luiz Affonso

Autor:Thiago Spinelli

Fonte:Universo da Mulher