Rio de Janeiro, 25 de Setembro de 2020

Última chamada para o verão

Última chamada para o verão


Restam pouco mais de dois meses para as férias de verão, e todo ano é a mesma coisa: na boca do gol, homens e mulheres esperam aquele milagre de perder a barriguinha, acabar com a celulite, aniquilar o culote e ficar com tudo em cima para expor o corpo na praia ou na piscina. É claro que um corpo saudável e sarado não se constrói em 60 dias - é mais um projeto de vida. Mas, com muita dedicação, tempo e dinheiro para investir na nova geração de tratamentos, cirurgias plásticas e malhação, é possível fazer uma repaginada relâmpago.

Quem cruzou a fronteira da barriguinha para a pança não deve esperar mágica, mas qualquer pessoa já pode emagrecer de três a quatro quilos, perder de 4% a 6% de gordura, amenizar rugas, diminuir a celulite e recauchutar os seios. O segredo, garantem os especialistas, é encarar o espelho e tirar dele a força de vontade necessária para ir à luta nos próximos meses.

Nove em cada dez pessoas precisam perder peso. O movimento nas salas de endocrinologistas e nutricionistas aumenta consideravelmente com a chegada da primavera. Além disso, as academias começam a ter aumento nas matrículas e clínicas de estética e cirurgia plástica recebem um número enorme de pessoas que desejam estar em forma para o verão.

Segundo a endocrinologista Odilza Vital, a dieta de proteínas com baixo consumo de carboidrato, criada pelo já falecido Dr. Robert Atkins, continua sendo a preferida em seu consultório, em Ipanema. Odilza, que foi oficialmente a única representante do médico americano no Brasil, adaptou sua versão para uma mais light, ou seja, com um maior controle calórico. A nova dieta continua permitindo o consumo de gordura, mas reprime o exagero e exige um controle mais rígido das calorias. ''Muita gente parte para os tratamentos que restringem carboidratos porque são os que dão resultado mais rápido'', comenta a médica que tem mais de 30 anos de experiência e é autora do livro Emagreça para Sempre, que já está indo para a quarta edição. Com um regime semelhante ao de Atkins, ela atendeu mais de 50 mil pacientes entre famosos e anônimos.

O badalado professor J. Cléber, precursor da hidroginástica no Brasil, afirma que é na primavera que suas piscinas lotam mais de alunos querendo emagrecer, tonificar os músculos ou simplesmente se exercitar de forma prazerosa. “O contato com a água é acima de tudo terapêutico. Minhas aulas, por não serem acompanhadas de música e não usarem nenhum tipo de aparelho coadjuvante, são muito puxadas. Caio na água e supervisiono a postura e como o aluno faz o exercício in loco. Por isso chegam a perder até 1200 calorias em uma hora de exercícios na piscina”, afirma o “pai da hidroginástica”, que hoje dá aulas no Clube Germânia, no Othon Palace Hotel, no Jockey Club e no Iate Clube do Rio de Janeiro, e possui há anos adeptos famosos como Sílvia Pfeifer.

Nada apavora mais as mulheres do colocar o biquíni e ver a pele com aquele aspecto de casca de laranja. Os homens dizem nem reparar, mas a celulite derruba a auto-estima até da mais bela das mortais. ''Toda mulher tem celulite, mas a medicina estética evoluiu muito nos últimos anos e já contamos com atenuantes, pois celulite não tem cura'', sentencia a dermatologista Mônica Linhares, lembrando que ela pode ser disfarçada. “Ela é provocada pelo acúmulo de células de gordura e pela retenção de água e toxinas em regiões do corpo em que a pele é mais firme, como coxas e quadris. Esse processo é desencadeado por fatores genéticos e, principalmente, pela ação de um hormônio feminino, o estrógeno. É por isso que os homens não padecem do mesmo pesadelo”, diz a especialista.

Outro aliado no combate à celulite são os tratamentos estéticos. Alguns funcionam razoavelmente, outros enganam mais do que ajudam. Todos apresentam resultados apenas se repetidos em, no mínimo, dez sessões. E, claro, precisam do ''casamento'' com dieta e exercícios. O efeito se mantém enquanto for mantido o esforço. Feitas com aparelhos, a drenagem linfática e a endermologia, por exemplo, são indicadas pela própria Sociedade Brasileira de Dermatologia. “A drenagem é uma massagem que estimula a circulação, expulsando as toxinas e reduzindo o inchaço dos tecidos”, diz a dermatologista Mariana Pinheiro Machado, lembrando que ao utilizar aparelhos de massagem ou sucção para provocar contrações na pele, a endermologia também melhora a circulação e reduz os chamados nódulos celulíticos. “Existem também procedimentos como a intradermeterapia, que consiste em injeções à base de substâncias que ajudam a quebrar as moléculas de gordura”, lembra a médica.

Mas para quem quer mesmo diminuir a barriga em pouquíssimo tempo só resta mesmo a lipoaspiração. Mas, como ainda assim o tempo é curto, só podem se candidatar os que têm pouco a perder - nada além de dois ou três litros de gordura. ''Ainda dá tempo de fazer lipos, mas os pacientes não devem esperar muito, já que o tempo para se estabelecer o resultado final é de dois meses”, indica o cirurgião plástico Cláudio Bicudo, proprietário da Clínica de Ipanema. ''Fazemos a lipoaspiração com cânulas finas e, com isso, diminuímos o trauma cirúrgico, reduzindo ainda mais o tempo de recuperação.'' Ainda há tempo também de dar aquela turbinada nos seios com uma prótese de silicone. A procura  por esse procedimento é grande, perdendo apenas para a lipo, que é o procedimento mais realizado pelos cirurgiões plásticos. ''Em três semanas a mulher já pode desfilar os novos seios na praia'', diz  o cirurgião, lembrando que a lipo pode ser associada a colocação das próteses mama em um mesmo tempo cirúrgico.

Outros tratamentos faciais também devem ser evitados pelo mesmo motivo. Ácidos como o retinóico, por exemplo, podem manchar a pele. ''Apesar de não proporcionar o mesmo refinamento na pele, o acido glicólico e o estradiol promovem viço e brilho sem riscos'', garante Mariana Pinheiro Machado. Para tirar manchas do rosto e das mãos, olheiras e clarear a pele, ela indica o laser como o CO2 fracionado, uma novidade no Rio de Janeiro que poucas clínicas possuem, e que com apenas quatro aplicações costumam mostrar resultado. Mesmo assim, é preciso não se expor ao sol duas semanas antes e duas depois do procedimento. Para amenizar rugas e linhas de expressão sem apelar para o bisturi, a médica defende o Botox, ainda como a melhor opção. Para completar o pacote beleza, dois itens são fundamentais: depilação definitiva e clareamento dos dentes.

Por fim a depilação a laser é a alternativa para quem vive em guerra com a gilete e não suporta a dor de um procedimento com cera. Há anos esse uso do laser virou moda entre artistas de Hollywood. Apesar de não ser de fato definitiva, a técnica provoca a diminuição progressiva da quantidade e da força dos pêlos. Assim, os intervalos entre as sessões vão aumentando. ''Quem fizer uma agora fará outra somente no início de dezembro. Uma terceira sessão, somente antes do Carnaval'', diz Mônica Linhares.


SERVIÇOS:

Clínica Espaço Saúde Rio – Dra. Mônica Linhares
Endereço: Rua Jardim Botânico, 600 - Salas 403/404, Jardim Botânico.
Telefone: (21) 3874-3134

Espaço da Pele – Drª. Mariana Pinheiro Machado
Endereço: Rua Dois de Dezembro 38/ 120, 1210, Flamengo.
Telefone: (21)2265-3644

Drª. Odilza Vital
Endereços:
Rua Visconde de Pirajá, 414 sala 515, Ipanema –
Telefone: 2610-8856
Rua Moreira César, 229 sala 1905, Icaraí – Telefone: 2711-6383

Clínica de Cirurgia Plástica Dr. Cláudio Bicudo
Endereço: Rua Prudente de Moraes, 1458, Ipanema.
Telefone: (21) 2239-3349

Crédito:Cris Padilha

Autor:DMC 21

Fonte:Universo da Mulher