Rio de Janeiro, 17 de Outubro de 2021

Como cair nas mãos de um gigolô

Estatísticas apontam uma redução drástica nos números de casamentos por ano. Presumo que um dos fatores que contribuem para esta redução é a infidelidade e a traição.
 
Outro fator que contribui para a infidelidade é a facilidade de se conhecer novas pessoas.
 
Às vezes não é preciso nem sair de casa. Basta entrar na Internet, ligar para um número de telefone e pronto, você está conectado com o mundo externo; em sites da Internet você pode escolher um parceiro assim como se compra uma roupa, basta acessar e escolher, a única diferença é que não se pagará para ter um homem ou uma mulher; essa prática está em ascensão no País.
 
Como o próprio nome mesmo já diz, virtual, mas às vezes a pessoa que está à procura do seu grande amor, pode acabar por cair em uma armadilha.
 
Já constatei que existem pessoas que se especializam na prática da conquista, procuram a sua "presa" e pronto, dão o golpe, as vítimas quase sempre são mulheres que acabam de sair de um relacionamento o que geralmente as tornam mais vulneráveis devido à fragilidade em decorrência de uma desilusão amorosa.
 
Geralmente algumas mulheres quando saem de um relacionamento, por motivos de traição ou infidelidade acabam desenvolvendo uma espécie de anticorpos, chegando até mesmo a ficarem ariscas, passam a desacreditar nos homens, mas outras não, acabam por se envolver com o primeiro que chegar e falar que ela é bonita, claro que somando as desvantagens sofridas, a mulher sai em busca de algo que eleve a auto-estima.
 
Essas são as maiores vítimas, quase sempre acabam caindo na lábia do sabichão que se acha o encantador de mulheres, quase sempre tem protótipo de gigolô; quando menos se espera ele aparece como se fosse um acontecimento por acaso. Mas cuidado você está preste a cometer uma grande burrice.
 
Uma das táticas usadas por gigolôs é buscar conhecê-la sem que ao menos você perceba. Ele passa a observá-la, faz um levantamento detalhado de sua vida financeira. Se você tem um bom emprego, um belo carro e tem mais de 30 anos você é a vítima perfeita; mas é bom salientar que não só as mulheres com mais de trinta anos são alvos de gigolôs, já investiguei casos em que a vítima tinha pouco mais de 18 anos.
 
Foi-se o tempo que apenas as mulheres eram tidas como interesseiras.
 
Posso afirmar que alguns homens também tendem a ser interesseiros assim como algumas mulheres, claro, a mulher gosta do conforto propiciado pelo dinheiro do parceiro, quase sempre a primeira observação feita pelas interesseiras são os bens materiais, carro importado é uma grande ferramenta para se angariar interesseiras, idade é o que mais importa para elas, se estiver com idade entre quarenta e sessenta anos e tiver uma boa conta bancária você tem mais probabilidade de ser fisgado por uma interesseira.
 
Agora se você tiver seus vinte e poucos anos ainda no começo da vida financeira, esqueça, você tem poucas chances de desfilar com uma daquelas que passam horas em academia malhando para ficar com um corpo sarado. Geralmente as interesseiras usam a beleza e o corpo para conquistar sua vítima, e as academias são seus fortes aliados. O que não se pode confundir com moças que estão malhando exclusivamente para cuidar de saúde.
 
Faça testes assim você saberá quem é a verdadeira interesseira.
 
Mas não desanime, trabalhe bastante, junte muito dinheiro e faça como alguns, compre um belo carro importado e pronto, você ira aumentar suas chances.
 
Isto não deve ser aplicado ao pé da letra, é claro, existem casos diferentes, você tem de acreditar no verdadeiro amor, senão você jamais conseguirá ser feliz consigo mesmo.
 
Como saber se a pessoa que está com você, está porque realmente te ama ou ama o seu dinheiro?
 
Tente descobrir, não se deixe enganar por um rostinho lindo; ouvi em algum lugar a seguinte frase: "Mulher bonita e com a inteligência entre as pernas consegue o que quer".
 
É verdade.
 
Mas, e a Internet, a que ponto anda?
 
Bom, posso afirmar que na maioria dos casos por mim analisado pude constatar que o maior destruidor de relacionamentos é a Internet; o perigo está dentro de nossas próprias casas.
 
O que fazer?
 
É sabido que a Internet é uma ferramenta de trabalho de bilhões de pessoas pelo mundo todo, assim como às vezes é usada para fins estranhos à sua finalidade, que seria transmitir informação de forma rápida e em tempo real.
 
Crescem as fontes de informações entre a sociedade, um grande passo para o futuro, e com isso cresce também a facilidade de se cometer um crime virtual como também a traição e a infidelidade.
 
O que se deve fazer mesmo é começar a policiar o que o seu parceiro anda fazendo pela rede mundial de computadores, o melhor remédio ainda é a prevenção.
 

 

 

Crédito:Edilmar Lima

Autor:Edilmar Lima

Fonte:www.cufdb.com.br