Rio de Janeiro, 04 de Dezembro de 2021

Decoração vira febre

Jardim vertical é opção para trazer mais verde aos apartamentos sem gastar muito

A pandemia fez com que muitas famílias começassem a passar mais tempo dentro de casa, e com isso desejassem que o espaço limitado dos apartamentos se tornasse mais aconchegante.

Investir em plantas tem sido a saída encontrada por muitas pessoas para deixar o ambiente mais agradável. E para quem não quer gastar muito, os jardins verticais podem ser uma opção prática e de baixo custo.

— A melhor maneira de montar um jardim em um apartamento, otimizando espaço e de forma econômica, é instalando um jardim vertical. O caminho é procurar uma parede livre, que possa receber prateleiras ou um painel tipo treliça. Eles são os suportes necessários para que se possa colocar e encaixar os vasos de plantas ou hortaliças. Aí, o interessante é brincar com as cores, formatos e desenhos dos vasos a gosto pessoal — explica a arquiteta Ana Paula Fonseca.

A arquiteta Liz Marina Moreira, do Estúdio Casa70, conta que os jardins verticais são versáteis e podem ser montados de diversas maneiras: com prateleiras instaladas em diversas alturas nas paredes e compondo com vasos e plantas diferentes, ou mesmo fixando vários vasinhos diretamente nas paredes.

Na internet, é possível encontrar treliças de madeira ou metal entre R$ 50 e R$ 150. Já os vasinhos de plástico para prender na parede custam em média entre R$ 3 e R$ 8 cada um. A quantidade de vasos usados pode ser definida pelo morador.

Para quem tem menos tempo para regar as plantas, uma opção são os vasos autoirrigáveis, que custam entre R$ 30 e R$ 60 cada um. Eles possuem um compartimento onde a água é colocada e absorvida aos poucos pela planta.

— Pensando em economizar, se a pessoa tiver tempo e disposição, é possível pôr a mão na massa, e confeccionar sua própria estrutura do jardim vertical. Para isso, existem diversas dicas e vídeos na internet com tutoriais — sugere Liz Moreira.

Entre as plantas que podem ser usadas no jardim vertical estão a Samambaia, Renda-portuguesa, Jiboia, Dinheiro em penca, entre outras.

 

Crédito:Luiz Affonso

Autor:Redação

Fonte:O Dia