Rio de Janeiro, 19 de Maio de 2024

Como criar jardim em casa

Criar um jardim em casa pode ser uma ótima maneira de trazer mais natureza para o seu dia a dia e desfrutar dos benefícios da jardinagem em seu espaço pessoal.

Além de trazer beleza e vida para sua casa, cultivar um jardim pode melhorar sua saúde mental e física, aumentar sua produtividade e ainda proporcionar alimentos frescos e saudáveis.

No entanto, muitas pessoas podem ficar intimidadas com essa ideia, seja por falta de espaço, conhecimento ou até mesmo de recursos.

Este artigo visa oferecer dicas e ideias úteis para ajudar a superar esses desafios e criar um jardim que atenda às suas necessidades e expectativas, independentemente do tamanho do seu espaço ou do seu nível de habilidade.

Acompanhe para saber tudo o que você precisa a fim de introduzir a jardinagem na sua vida.

Além de tudo, o procedimento também pode ser feito em um ambiente profissional, como escritórios de construtoras de alto padrão, ou de qualquer outra empresa.

Como fazer um jardim em casa?

Para começar a criar um jardim em casa, é importante, antes de qualquer coisa, escolher um local adequado para plantar, considerando fatores como a quantidade de luz solar que o espaço recebe, a umidade do solo e a disponibilidade de água.

Em seguida, é preciso selecionar as plantas que serão cultivadas, levando em conta suas necessidades específicas de água, luz e solo. Algumas opções populares para jardins domésticos incluem ervas, hortaliças, flores e plantas ornamentais.

Antes de plantar, é importante preparar o solo, removendo quaisquer detritos, como pedras e raízes, e adicionando fertilizante ou compostagem para garantir que ele seja saudável e nutritivo para as plantas.

Ao plantar, certifique-se de que cada uma esteja a uma distância adequada da outra e na profundidade correta.

Manter um jardim em casa requer algum trabalho, como regar regularmente, podar plantas quando necessário, remover ervas daninhas e insetos e fazer algumas implementações no seu ambiente, como uma forração para jardim, por exemplo.

No entanto, com um pouco de esforço e dedicação, é possível criar um jardim bonito e saudável em casa que irá enriquecer a sua vida em vários aspectos.

Dicas valiosas

Confira algumas das principais dicas que você deve ter em mente quando planejar o seu jardim residencial e iniciar sua implementação.

Escolha o local adequado

Como já citado anteriormente, antes de começar a plantar, é importante escolher o local adequado para o seu jardim. A maioria das plantas precisa de pelo menos 6 horas de sol direto por dia, portanto, escolha um local que receba a quantidade adequada de luz solar.

Além disso, verifique a umidade do solo e a disponibilidade de água para garantir que as plantas que você deseja cultivar se adaptem ao ambiente.

Proteger o seu jardim de animais e até mesmo chuvas fortes também é interessante, logo, você pode contar com um local que tenha um vidro de segurança, por exemplo.

Conheça as necessidades das plantas

Cada planta possui necessidades específicas de água, luz e solo. Dito isso, é essencial pesquisar as espécies que você deseja cultivar para entender suas necessidades e garantir que elas recebam os cuidados adequados.

Por exemplo, se você deseja cultivar orquídeas, é importante entender que elas precisam de um solo bem drenado e não toleram o excesso de água. Além disso, essas plantas preferem um ambiente quente e úmido , com temperaturas entre 18°C e 30°C.

Para manter uma temperatura adequada, uma manta térmica para telhado pode ser implementada no jardim.

Prepare o solo

Após escolher o local adequado e estudar sobre as plantas que você deseja cultivar em seu jardim, é necessário preparar o solo adequadamente.

Remova quaisquer detritos, como pedras e raízes, e adicione fertilizante ou compostagem para garantir um solo saudável e nutritivo para as plantas.

Escolha plantas resistentes

Se você é um iniciante na jardinagem ou não tem muito tempo para cuidar do ambiente, uma dica interessante é optar por plantas que sejam resistentes e fáceis de cuidar.

Algumas opções populares incluem suculentas, cactos e margaridas. Essas plantas são resistentes, como um piso laminado durafloor, e podem sobreviver em uma ampla variedade de condições ambientais.

Regue as plantas regularmente

Essa dica é uma das mais comuns, de conhecimento geral. A maioria das plantas precisa ser regada regularmente para se manter saudável.

Sendo assim, certifique-se de regar suas plantas com a frequência adequada, levando em conta a época do ano e as necessidades específicas de cada espécie, algo estudado previamente.

Faça a poda regularmente

Algumas plantas precisam de poda regular para estimular o crescimento e manter a sua aparência adequada, logo, estudar as necessidades dessa prática em cada planta que você deseja cultivar e aplicá-la corretamente é fundamental.

Além disso, a poda também é importante para remover partes mortas ou danificadas da planta, o que ajuda a evitar doenças e infestações de pragas.

Escolha o estilo de jardim adequado

Existem diversos estilos de jardins, desde os mais formais e simétricos até aqueles mais rústicos e selvagens. É importante escolher um estilo que se adapte às suas preferências pessoais e às condições do ambiente em que você está cultivando as plantas.

Se você está cultivando um jardim em um espaço pequeno, por exemplo, pode optar por um jardim vertical ou um jardim em recipientes.

Adicione elementos decorativos

Imagine um pequeno armário planejado para escritório colocado estrategicamente em um jardim, fazendo com que ele seja diferente de qualquer um que você já tenha visto, com uma estética única e extremamente agradável.

Podemos dizer que adicionar elementos decorativos ao seu jardim para torná-lo mais atraente e personalizado é outra excelente dica, podendo funcionar de diversas formas. Algumas opções populares incluem:

  • Pedras decorativas;

  • Fontes de água;

  • Estátuas;

  • Luminárias;

  • Bancos.

Esses elementos podem ser usados para criar um ponto focal no jardim ou adicionar um interesse visual. Por exemplo, ao adicionar pedras decorativas em torno das plantas, você cria um visual mais natural e rústico.

Lembre-se que a criatividade é o ponto principal dessa dica e você pode inovar ao máximo nos objetos, colocando em seu jardim itens não usuais como um tapete de vinil.

Inspirações para pequenos cômodos

Muitas pessoas possuem um espaço limitado em casa, principalmente quem mora em um apartamento. Ainda assim é possível criar um jardim encantador e acolhedor. Confira algumas ideias inspiradoras para jardins em pequenos cômodos.

Jardim vertical

Já citado anteriormente, um jardim vertical é uma das maneiras mais eficientes de maximizar o espaço disponível. Utilize uma parede livre e instale prateleiras ou suportes para vasos e plantas.

Há diversas opções de plantas que se adaptam bem a esse tipo de jardim, como suculentas, samambaias e heras.

Jardim em recipientes

Outra alternativa para jardins em espaços reduzidos é cultivar plantas em recipientes, como vasos, caixotes, baldes ou mesmo garrafas pet.

Essa opção é ótima para quem deseja criar um jardim móvel ou para aqueles que possuem varandas ou sacadas. É importante escolher recipientes adequados para as plantas, com espaço suficiente e que permitam a drenagem da água.

Jardim de ervas

Os jardins de ervas são uma ótima opção para quem gosta de cozinhar e deseja ter temperos frescos à mão, além de tudo, normalmente ocupam pouco espaço.

Afinal, as ervas podem ser plantadas em recipientes ou mesmo em pequenos canteiros. Elas ainda fornecem aromas e sabores incríveis, sendo extremamente vantajosas.

Jardim de flores em miniatura

Para quem deseja adicionar um toque de cor e vida ao ambiente, mas não tem muita disponibilidade de espaço, os jardins de flores em miniatura são uma opção encantadora.

Utilize vasos ou recipientes pequenos para cultivar espécies como margaridas, cravos e violetas. Um jardim de flores em miniatura combina com decorações vívidas como um tecido juta colorida.

Boas plantas para iniciantes

Existem muitas plantas, flores e vegetações que são adequadas para jardins em casa. Listamos adiante algumas das mais interessantes, sobretudo para iniciantes, que pretendem introduzir a jardinagem na rotina agora.

Suculentas

Suculentas são plantas resistentes e fáceis de cuidar que vêm em uma ampla variedade de formas e cores. Elas são ideais para jardins de cactos ou jardins de pedras.

Lavanda

A lavanda é uma planta perene e perfumada que é popular por suas flores roxas e seus benefícios terapêuticos. A planta é uma ótima opção para jardins de ervas e pequenas decorações.

Ervas

Já citadas no jardim de ervas, elas são fáceis de cultivar e acrescentam sabor às suas refeições. Algumas opções populares incluem manjericão, tomilho, alecrim e salsa.

Samambaias

As samambaias são plantas verdes e luxuosas que prosperam em ambientes úmidos e sombreados. Elas são ideais para jardins de sombra ou para pendurar em cestos, em jardins verticais.

Peperômia 

Por fim, as peperômias são plantas de folhagem em variadas tonalidades de verde e algumas variedades possuem manchas ou riscos de cores diferentes.

Fáceis de cuidar, são excelentes para ambientes internos ou áreas com sombra, sendo uma boa opção para jardins verticais.

Conclusão

Em conclusão, criar um jardim em casa pode ser uma atividade terapêutica e gratificante, além de adicionar beleza e frescor ao seu espaço.

Com as dicas e inspirações apresentadas neste artigo, você pode começar a planejar e construir seu próprio jardim, independentemente do espaço disponível ou de sua experiência prévia com jardinagem.

Com um pouco de paciência, dedicação e criatividade, você pode ter um jardim em casa que traga uma sensação de tranquilidade e um espaço para desfrutar da natureza. Então, pegue suas ferramentas de jardinagem e comece a construir o seu!

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

 

Crédito:Luiz Affonso

Autor:Jennifer Kauffman

Fonte:Guia de Investimento