Rio de Janeiro, 06 de Dezembro de 2021

A importância da Humildade

A importância da Humildade
Neste artigo decidi abordar um assunto muito importante em cada momento das nossas vidas, inclusive profissional.
 
Algumas pessoas, ao atingir o sucesso, podem não saber lidar com a vaidade, o orgulho, a ascensão, com o fato de ter alcançado o auge em seu campo de atuação.
Infelizmente, apesar do sucesso, estas pessoas falham como seres humanos, por deixarem que a arrogância os domine.
 
Para elas, o desejo de ser o melhor possível e ganhar o respeito dos que as rodeiam é distorcido e transforma-se numa necessidade de sentir-se superior aos outros, de exigir tratamento especial em vez de respeito, de ser “mais” do que todos à sua volta.
 
A arrogância é autodestrutiva, desconecta a pessoa de outras e da própria condição de ser humano.
 
Aquele que é arrogante se esquece de que não se tornou um sucesso sozinho, mas sim com a ajuda e o apoio dos outros, como a família, os amigos, os mentores e conselheiros, os parceiros e os funcionários.
 
O fato mais prejudicial para alguém arrogante, é que este será levado ao fracasso na sua carreira, e que a medida que se isola, afasta-se das idéias úteis que pode ser dada por alguém, das respostas às dúvidas, dos conselhos, das críticas e de todas as informações que podem ajudar num momento difícil.
 
É uma forma certa para construir o declínio da carreira, de cometer alguma falha ou erro de julgamento que poderia ter sido facilmente evitado se tivesse dado ouvido e se mostrado aberto às opiniões e conselhos.
 
Todos conhecemos pessoas bem-sucedidas que abusam de seus funcionários, que são rudes com pessoas que consideram inferiores e assim por diante. Infelizmente eles se esquecem que devemos ser cautelosos com o modo como tratamos as pessoas em nossa escalada para o sucesso, pois um dia as encontraremos quando estivermos fazendo o caminho de volta.
 
Quando erramos ou escorregamos precisamos de ajuda e com certeza aqueles que foram maltratados irão se lembrar de como foram tratados.
 
Sabemos que a vida é uma viagem, repleta de mudanças e desafios, altos e baixos. Nenhum estágio em nossas vidas é permanente. O sucesso vem depois do fracasso e o fracasso depois do sucesso.
 
Alcancei em minha vida muitos sucessos, assim como fracassos e muitos ainda virão.
 
A verdade é que não sei o quanto posso alcançar. Ninguém sabe. Espero nunca chegar ao ponto de pensar:
 
“É isso, conquistei tudo o que sou capaz de conquistar.”Espero nunca parar de me desafiar a crescer, a alcançar degraus mais altos na minha carreira.
E espero o mesmo de vocês.
 
Entendermos que nunca seremos perfeitos e que sempre poderemos alcançar mais é o oposto do falso orgulho e arrogância, é HUMILDADE.
 
A HUMILDADE também nos ajuda a enxergar e aceitar nossas falhas e vulnerabilidades. Nos permite admitir erros e aprender com eles.
 
Não importa o quanto nos consideramos bem-sucedidos, nunca devemos esquecer de que chegamos “lá” com a ajuda de muitas pessoas. Mantemo-nos abertos às opiniões, idéias e críticas de quem nos rodeia e, desta forma, continuamos a nos aprimorar e a melhorar nosso desempenho.
 
A HUMILDADE nos ajuda a não confundir arrogância e autoconfiança.
 
A HUMILDADE une pessoas, faz com que juntas lutem e conquistem.
 
Atrás de uma pessoa de sucesso existem muitas outras que o fizeram chegar lá.
 
A pessoa verdadeiramente sábia é sempre HUMILDE.
 
 
Li este texto de George Washington Carver e gostaria de compartilhar com vocês mais esta ferramenta para nosso crescimento.
 
 
“Aonde você chegará na vida depende do quanto tiver sido carinhoso com os jovens, piedoso com os idosos, solidário com os batalhadores e tolerante com os fracos e os fortes. Porque um dia em sua vida você terá sido tudo isso.”
 
 
 
Andréia Alves de Brito Guedes é Consultora em RH da SEC Talentos Humanos e atua na área há 23 anos. andreia@secth.com.br / www.secth.com.br 
 
 
 
 

Crédito:Andréia Guedes

Autor:Andréia Guedes

Fonte:Universo da Mulher