Rio de Janeiro, 25 de Maio de 2022

Não abra a boca apenas para beijar

Não abra a boca apenas para beijar

É fundamental ter os cinco sentidos apurados durante o ato sexual.

Além de se verem, tocarem e cheirarem, certamente que os dois amantes gostam de ouvir e falar!

Para muitos casais, falar e ouvir durante as relações sexuais é excitante, sobretudo dizer certos palavrões ou frases obscenas.

Porém, isto é possível se ambos estiverem em sintonia.

Mas, para se dizer palavrões na cama é preciso haver um certo grau de confiança entre o casal.

Algumas pessoas, sobretudo as mulheres podem sentir-se constrangidas, já que o que excita um pode ofender o outro; e as mulheres costumam ter uma linguagem mais suave que os homens. Além do mais, dizer tudo o que vem à cabeça, sem pensar no(a) companheiro(a), pode dar origem a conflitos.

E, se não houver diálogo, a relação pode ter um final menos feliz...            

Por exemplo, se uma mulher sentir-se como um objeto sexual porque o seu parceiro a chamou por um nome vulgar, não deve ter receio de falar abertamente e dizer que não gosta de ser tratada por determinado nome.

Porém, se de um certo modo concordou com o uso de palavrões durante o ato sexual, não deve ficar ofendida pois, neste caso, o homem apenas está a deixar funcionar a sua imaginação.

Para que uma relação amorosa seja saudável, é fundamental haver diálogo.

Acontece que o silêncio pode contribuir para a acumulação de rancores e mágoas.

Mas, deve-se esperar pela altura indicada para dizer o que se sente. O comodismo, certos tabus impostos durante a infância, a vergonha e o medo também são verdadeiros inimigos das relações.

Solte a língua!

É impensável usar uma determinada linguagem enquanto se faz amor... Certamente, não lhe passa pela cabeça dizer ao seu parceiro algumas frases mais "formais". De fato, a linguagem durante o sexo é mais atrevida e ousada. Porém, para uns é mais ousada.

Se lhe agrada a idéia de excitar o seu parceiro ao dizer-lhe palavrões na cama, siga os nossos conselhos:

·        Leia literatura erótica, por forma a ficar a conhecer termos atrevidos e ousados. Desta forma, irá também adquirir intimidade com a linguagem sexual.

·        Caso se sinta demasiado inibida, pode vendar os olhos ao seu parceiro ou vice-versa. Verá que a ajudará!

·        Use o "eu" no início das frases, para se expressar com clareza aquilo que quer.

·        Antes de "cair na cama" juntamente com o seu namorado, experimente beber um copo de vinho. Claro, dê também de beber ao seu parceiro. Mas, apenas um copo de vinho... Não são aconselháveis excessos.

·        Elabore frases um tanto ou quanto picantes com um verbo de ação e uma parte do corpo humano seguida de um adjetivo.

Crédito:Alexandra Blandy

Autor:Alexandra Blandy

Fonte:Universo da Mulher