Rio de Janeiro, 25 de Maio de 2022

Spray estimula desejo sexual nas mulheres

Spray estimula desejo sexual nas mulheres
MONTREAL, CANADÁ - O spray nasal PT-141 – que promete fazer com que mulheres saudáveis alcancem alto grau de excitação sexual – obteve resultados positivos nos testes com humanos. Segundo o fabricante do spray, a Palatin Technologies, o produto chegará às lojas em no máximo três anos.

Participaram dos testes 16 mulheres saudáveis.

Para algumas, foi dada a droga, para outras, placebo.

Após a inalação, todas assistiram a vídeos eróticos, enquanto medidores registravam a quantidade de sangue que circulava na vagina.

As mulheres que usaram o medicamento apresentaram maior lubrificação vaginal.

A PT-141 é a cópia de um hormônio, com efeito no sistema nervoso central, que influencia o desejo sexual.

“Esse remédio será um fenômeno maior do que o Viagra”, prevê Jim Pfaus, professor da Universidade de Concordia, que pesquisa o medicamento. “Não há nada no atual arsenal de remédios disponíveis para tratar a disfunção sexual feminina”, explica.

Segundo ele, a falta de desejo sexual talvez seja explicada por uma interrupção na “corrente de comandos” dentro do corpo que leva ao desejo pelo sexo.

“Isso somente afeta o desejo sexual, e não a habilidade para ter a relação sexual”, disse.

A droga, de acordo com o médico, pode reativar a conexão que está falhando, e o cérebro pode reaprender a ter a reação normal.

Remédio também poderá ser usado por homens

Os fabricantes defendem que, como o medicamento só pode ser inalado, o uso ilícito da droga é dificultado, pois não poderá ser administrado sem o conhecimento e a permissão da mulher, como, por exemplo, misturado a bebidas.

O spray também é indicado a homens com dificuldades de ereção, sem nenhum problema físico.

Inicialmente, o PT-141 foi testado em laboratório com ratas, que tiveram multiplicadas suas iniciativas para atrair a atenção do macho na fase que antecede a cópula.

 

Crédito:Fatima Nazareth

Autor:Redação

Fonte:O Dia