Rio de Janeiro, 04 de Dezembro de 2021

Para ninguém fazer feio ao usar perfume

Para ninguém fazer feio ao usar perfume
Perfumista da Drom dá dicas para que ninguém faça feio na hora de usar perfume no verão
 

Verão e perfumes podem ser bons companheiros. Só é preciso fazer a escolha certa e não exagerar na dose. Existem pessoas que não abrem mão de uma fragrância nem à tarde na areia da praia. E outras que, na intenção de agradar, acabam usando um aroma criado para dias mais frios em pleno calor tropical.

 

       Eurico Mazzini, atual perfumista da Drom Fragrâncias e que traz 28 anos de atuação no setor, com grande bagagem internacional, dá algumas dicas para quem quer deixar no ar uma marca agradável no verão que se aproxima. 

 

       Perfumar-se e tomar sol realmente requer cuidado: “A combinação de matérias primas presentes no perfume pode não combinar com a incidência da luz solar e causar queimadura, deixar manchas e até mesmo uma reação alérgica na pele” – avisa Mazzini. Assim, é sempre preferível algo leve como colônias splashes mais indicadas para serem usadas sob exposição solar.

 

      Uma dúvida comum é o uso de todos os produtos de higiene e beleza de uma mesma fragrância, como sabonete, creme, desodorante e perfume. Isso não seria um exagero?

Mazzini explica que não, pois tudo depende da fragrância que pode ser bem discreta e da quantidade do que for usado:

Se for um cítrico refrescante ou floral, não há problema em usar todos juntos. O problema é usar abusadamente um produto de modo a exagerar-se na dose. Uma pessoa pode passar apenas um eau de parfum de um chypre floral branco, por exemplo, e ter um resultado muito mais concentrado e que possa incomodar”.

 

      Algo que intriga é como uma fragrância pode reagir de modo diferente em cada pessoa. Os fatores que provocam esta alteração são muitos: a cor da pele, o índice de melanina ou de hormônios, a alimentação e até o metabolismo de cada um. “Estes são fatores que explicam a performance de uma mesma fragrância ser diferente em mulheres de mesma idade, tipo físico e até mesmo em gêmeas” – conta o perfumista.

 

 

PREFERÊNCIA NACIONAL

 

       É interessante notar o gosto dos brasileiros na hora de se perfumar. Os homens apreciam fragrâncias fougères, aromáticas, amadeiradas e cítricas. Já as mulheres preferem florais e orientais, principalmente goumands. Os irreverentes e modernos frutados também vêm ganhando o gosto nacional e crescido muito em vendas.

 

       “Cada cultura tem sua característica e o Brasil, por ser um país continental, possui algumas diferenças” – comenta Mazzini, acrescentando: “Um exemplo clássico é o sucesso dos florais brancos em vários países do mundo, mas que aqui no Brasil não pode ser considerado um best-seller”.

 

 

PERFIL DO PERFUMISTA EURICO MAZZINI

 

O renomado perfumista Eurico Mazzini, agrega a equipe da Drom com sua grande bagagem internacional, passando por empresas conceituadas como Quest (atual Givaudan) e Firmenich. Entre os lançamentos estão o Energetique e Extreme Intense da Ebel Paris, 422 da Fuller México, Seek Out Beach da Cyzone, sabonete Zest Acqua da procter & Gamble, shampoo Caprice da Colgate, sabonete Nívea Camomile da Beiersdorf etc. Além disso, tem uma vasta experiência na Inglaterra, Ásia, França, México e EUA, sempre aprimorando sua sensibilidade criativa.

 

Na perfumaria nacional, Eurico criou clássicos como Kaiak e Sol da Natura, Tarsila Rouge e Myriad do O Boticário, Urban Code da L’Acqua di Fiori, entre outros. “A criação será sempre fruto do expertise de uma equipe de perfumistas de várias partes do mundo, que estarão conectados todo o tempo trocando experiências na busca de combinações harmoniosas. Na Drom usaremos todo o arsenal criativo para atender clientes com projetos inovadores, customizados e com fragrâncias que despertem emoções e desejos”, complementa o perfumista.

 

 

 SOBRE A DROM BRASIL

 

A Drom Brasil chega ao mercado em 2008 contando com a já consagrada experiência da Drom Fragances, empresa alemã com mais de 100 anos de existência, dirigida pela terceira geração familiar, os irmãos Ferdinand e Andreas Storp. Localizada em Baierdrunn, próxima a Munique, está entre as 10 maiores casas de fragrâncias do mundo e presente em mais de 40 países.

 

O grande diferencial da Drom no Brasil é oferecer soluções avançadas no quesito de fornecimento de fragrâncias com alta tecnologia, atendendo necessidades específicas de cada segmento. “Assim, além da experiência, tecnologia de ponta, uma forte paixão criativa e uma capacidade produtiva de mais de 1.500 toneladas/anos, a Drom Brasil integra-se ao projeto Drom Internacional, com os princípios básicos de ser cada vez melhor em serviço, qualidade, eficiência logística, competitividade e criatividade a serviço do mercado”, afirma Cláudio Rubino, presidente da Drom para a América do Sul.

 

Crédito:Cris Padilha

Autor:CÁRMEN GUARESEMIN

Fonte:Universo da Mulher