Rio de Janeiro, 04 de Março de 2021

Descuidos com lentes de contato são porta de entrada para infecções

As lentes de contato são um recurso cada vez mais utilizado por aqueles que precisam corrigir defeitos de visão e não querem (ou não podem) optar pela cirurgia a laser nem pelo uso de óculos.

Pessoas que fazem uso de lentes de contato e não são disciplinadas na limpeza e esterilização do material correm o risco de contrair infecções muitas vezes difíceis de tratar.

Para evitar esse tipo de problema “desnecessário”, o doutor Renato Neves, oftalmologista e diretor da rede Eye Care, ensina o passo-a-passo da manutenção ideal de lentes de contato.

 São quatro fases de limpeza e todas muito importantes:

  • limpeza diária – é essencial para eliminar gorduras e resíduos de maquilagem e poluição que grudam na superfície das lentes. “Usando os dedos polegar e indicador, o paciente deve esfregar gentilmente as lentes, utilizando soluções para esse fim específico”, diz Neves.  
  • desinfecção diária – o propósito da desinfecção é manter as lentes livres de microrganismos e agentes infecciosos. Há dois modos de desinfectar as lentes de contato: sistema de peróxido de hidrogênio (água oxigenada) e sistema químico. Enquanto o primeiro método é mais eficiente, o segundo é mais prático – já que um só produto reúne múltiplas soluções.
  • remoção semanal de gordura (proteína) – “As lágrimas são ricas em proteínas. Se o usuário de lentes não promover a remoção, provavelmente seu olhos começarão a ficar vermelhos e irritados. Por isso é fundamental, uma vez por semana, que toda gordura seja eliminada. Hoje há tabletes bastante eficientes e práticos”, diz o médico.
  • substituição regular das lentes – “Por mais que as pessoas sejam cuidadosas, não fazem idéia do quanto é importante seguir esse passo-a-passo nos cuidados com as lentes. Pesquisadores dizem que, com o tempo, os microrganismos criam uma camada de biofilme muito difícil de ser removida. Daí a importância de se trocar as lentes periodicamente”.

 

Crédito:Suzana Esper

Autor:Heloísa Margato

Fonte:Ex-Libris Assessoria e Edições