Rio de Janeiro, 21 de Outubro de 2019

Traição: A destruição do casamento

Há épocas em que o relacionamento não vai bem e a pessoa logo suspeita de que o parceiro esteja pulando a cerca.
 
Aí, começa a caça aos fatos: revistar bolsos, olhar o celular, procurar marcas de batom e cheiro de perfume nas roupas, observar com atenção as desculpas que fala, as respostas que dá de porque não atende ao seu chamado do celular e até seguir o companheiro.
 
Melissa Cadore, personagem de Christiane Torloni em Caminho das Índias, fez tudo isso.
 
 
Reuniu todas as peças do quebra-cabeça e descobriu a traição do marido Ramiro (Humberto Martins), com a advogada Gaby (Ana Furtado).
 
Apesar de ter sido traída, ela perdoará o marido em vez de dar um fim ao casamento.
 
Perdoar ou não?
 
Se você desconfia de que está sendo traída, converse com seu parceiro.
 
A sugestão é da psicanalista Renata Lommez.
 "Se a infidelidade for comprovada, veja se há ou não condições de perdoar", orienta ela.
 
Conheça os sinais mais comuns que podem denunciar uma possível traição e saiba como agir se essa vilã surgir algum dia em seu casamento.
 
Atitudes de uma pessoa que trai
 
1. Não demonstra mais interesse por sexo.
2. Fica mais amável do que o normal.
3. Se irrita com muita facilidade.
4. Leva o celular até quando vai ao banheiro.
5. Atende algumas ligações escondido.
6. Recebe constantemente torpedos no celular.
7. Vive ligada no MSN
8. Costuma exagerar nas crises de ciúmes.
9. Anda gastando mais que o habitual.
10. Trabalha até tarde e vive tendo reuniões no final de semana.
11. Chega em casa todos os dias tarde do trabalho
12. Compra roupas novas.
13. Ganha presentes.
14. Tem sempre desculpa para os atrasos: trânsito, pneu furado, passar na casa da filha, assistir novela na casa da mãe...
15. Não atende ao seu chamado no telefone celular
16. Procura não discutir a relação
 
Como começar essa conversa difícil
 
Se você não tem certeza da infidelidade
Mantenha a tranquilidade para não perder a razão: quanto mais calmos os dois estiverem, melhor será o diálogo.
 
Fale sobre as mudanças no comportamento dele e diga o que incomoda você.
 
Questione se ele está com algum problema e se pode ajudá-lo.
“Se a traição não aconteceu, meça as palavras nessa hora para não colocar seu relacionamento em risco”, alerta a psicóloga Kelen de Bernardi Pizol.
 
Se você tem provas de que ele é infiel
A raiva pode cegar você, impedindo de pensar de maneira clara e racional.
 
Tomar atitudes sob o impacto da dor costuma gerar arrependimento depois.
 
Pare e reflita se vai conseguir perdoar e conviver com a nova realidade, ou se o melhor a fazer é seguir sua vida sem o parceiro.
 
Ao conversar, se coloque em primeiro lugar e veja se ele também está disposto a lutar pela relação.
 
 
 
 

Crédito:Luiz Affonso

Autor:Tyciane Vaz

Fonte:Mulher