Rio de Janeiro, 15 de Dezembro de 2017

Quer ser freela?

Para se tornar o seu próprio chefe e ter sucesso, o “freela” deve, a princípio, valorizar o trabalho proposto e estabelecer o seu preço para o cliente
 
Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), o desemprego no Brasil atingiu 13,5 milhões, no segundo trimestre de 2017. Como alternativa, muitos brasileiros estão migrando para a atividade freelancer. Porém, essa opção traz algumas vantagens e desvantagens e muitas pessoas têm medo de deixar o emeprego fixo para exercer a atividade de freelancer.

A seguir, você tem 5 dicas para ajudar quem está pensando em ingressar na vida de freelancer e ter sucesso em sua carreira.

1 - Valorize o seu trabalho
Ser iniciante na área não implica que o preço cobrado para fazer um trabalho deva ser baixo. Por mais que a ansiedade de fechar os primeiros contratos seja grande, tenha sempre em mente um valor mínimo para determinado tipo de serviço e, caso o interessado em contratá-lo ofereça um valor menor, não aceite. É importante também que você valorize a sua própria aparência e apresente-se como um profissional sério. Desse modo, não se atrase para reuniões e vista-se adequadamente para cada ocasião.

2 - Não tente agradar todo mundo
O desejo de agradar a todos pode trazer grandes arrependimentos, pois ao tentar fazer isso, você poderá assumir a responsabilidade de fazer jobs sem nexo ou mesmo que você ainda não é qualificado para fazer. Aprenda a dizer não, pois caso contrário, ao final do trabalho você e seu cliente podem ter uma grande dor de cabeça.

3 - Avalie cuidadosamente os orçamentos
Procure sempre passar seus orçamentos por escrito e, antes de enviá-los, avalie os valores com cuidado para que o valor final cubra seus custos e você não perca dinheiro. Por isso, nada de pressa. É recomendado que você só comece a trabalhar depois de ter recebido alguma parte do combinado, por segurança. Se o cliente diz que prefere pagar quando tiver certeza de que seu trabalho é bom, mostre a ele seu portfolio e garanta que o projeto dele terá tanta qualidade quanto os anteriores.

4 - Lembre-se sempre de seus clientes
Ao fechar seus contratos, principalmente os primeiros, você criará laços com seus clientes. Por isso, mesmo depois de ter entregado os projetos, mantenha contato com sua clientela mandando e-mails, ligando para saber como estão ou se precisam de alguma coisa. Você pode, inclusive, fazer visitas regulares a eles para mostrar as novidades da área. Essa atitude passará segurança e credibilidade, além da possibilidade de você ser indicado para outras empresas que precisem dos seus serviços.

5 - Procure aprender com seus erros
Ninguém é perfeito. Em determinado ponto da sua carreira, você com certeza cometerá algum erro, como estourar prazos, cometer gafes nas reuniões e perder clientes. Quando isso acontecer, procure aprender as lições que vêm junto com esses erros para que você esteja cada vez mais preparado e não erre nas próximas vezes. Lembre-se de que o aprendizado deve ser constante.

 

Crédito:Luiz Affonso

Autor:Arianna Ortolani

Fonte:Sing Comunicação de Resultados