Rio de Janeiro, 20 de Setembro de 2017

Sexualidade no Climatério

As alterações hormonais causadas pela menopausa trazem mudanças muitas vezes incômodas ao organismo da mulher e que podem atrapalhar a sua vida sexual.
 
Por isso, é muito importante estar informada a respeito dessas alterações absolutamente normais que acontecem com o seu corpo e também com seu parceiro nessa fase.
 
As variações de humor são frequentes e costumam causar irritação.
 
Essa oscilação acontece em decorrência de mudanças físicas, endócrinas e emocionais pelas quais passa o corpo feminino.
 
No entanto, a alteração mais importante é, sem dúvida, a interrupção da produção dos estrogênios, os hormônios femininos.
 
A vagina pode começar a se tornar seca e até sofrer atrofia.
 
Outras alterações podem se fazer presentes nesta etapa da vida como depressão, irritabilidade, falta de desejo sexual e redução da autoestima.
 
Contudo, vivemos em tempos de muita liberdade e informação.
Hoje, a mulher deve se sentir confortável e segura para se queixar de não estar sexualmente satisfeita. Além de buscar a ajuda profissional, o ideal é estimular a intimidade com o parceiro para que juntos descubram o que é mais prazeroso para cada um deles nessa nova fase da vida.
 
É importante frisar que não há uma idade correta para começar ou terminar a vida sexual, desde que ela seja satisfatória e feliz.
 
Cada pessoa tem seu tempo certo e existem diferentes formas de expressar a sexualidade em cada fase da vida. Homens e mulheres precisam entender que o exercício da sexualidade muda ao longo do tempo, sem prejudicar o nível de satisfação do casal.
 
A maioria das mulheres se sente sem esperança quando chega a esta etapa da vida por achar que só os homens têm soluções para seus problemas sexuais - como os remédios que melhoram a sua capacidade de ereção.
 
Isso é totalmente errado.
 
As mulheres também têm algumas alternativas que podem ser usadas.
 
Cremes à base de hormônios são ótimas opções para contornar a secura vaginal. Além disso, algumas medicações podem melhorar a libido e os cremes lubrificantes podem ser usados no ato sexual, garantindo uma relação tranquila e prazerosa.
 
Chegar a essa fase da vida sem parceiro ou com um companheiro, mas sem qualquer envolvimento sexual, também é algo totalmente normal.
 
Aquelas que se sentem chateadas e prejudicadas com a situação podem e devem procurar orientação específica.
 
 
 
 

Crédito:Bruna Menezes

Autor:Redação

Fonte:Lucretin