Rio de Janeiro, 28 de Maio de 2017

Etiqueta nas férias

As férias chegando e começam as programações de viagens, festas, finais de semanas prolongados, época de comemorações, convivência com amigos, parentes distantes, novos amores, novas conquistas entre outros, para usufruir de tudo isso numa boa e ser sempre muito bem vinda em todos os lugares, devemos ter em mente algumas regrinhas de bom convívio não é mesmo?

Por isso pedimos a ajuda da blogueira aeromoça e professora de etiqueta Carolina Figueiredo que nos passará dicas básicas para aproveitarmos o melhor dessa época com elegância afinal educação e bons costumes não tiram férias nunca.

Segundo Carol, ser elegante não requer muitos adjetivos, acredita que uma boa educação com  as palavrinhas mágicas "Obrigada, Por favor e Desculpa"  já fazem toda a diferença!

E no avião, aeroportos?! Existe algum "manual" de como se sair bem diante do tumulto de vôos, conexões, atrasos e afins?!

Sim, existe!!!! E Carol deixa aqui alguns pontos que observa como aeromoça e acha primordial num passageiro.

Atitudes como ser pontual, respeitar o tamanho da bagagem exigido pelas companhias aéreas e ser educado com a tripulação são algumas das atitudes indispensáveis ao viajar de avião. Além da discrição, que é primordial, como o espaço é restrito dentro da aeronave, a pessoa deve fazer tudo de maneira mais contida e falar num tom de voz mais baixo para não invadir o espaço do outro.

A afobação ao sair da aeronave também é uma gafe e tanto, afinal de contas muitas vezes as aeronaves estão taxiando ainda e eles já estão de pé abrindo os bins, e querendo tirar  suas malas.

Me responde, pra que? Se nem parados estamos, quem dirá abrir a porta,  que requer sim todo um procedimento de segurança e demora alguns minutos.

Então para não errar vamos aos pontos mais importantes para você entrar e sair dos aeroportos e aviões como elegância!

 

Antes de Embarcar:

Primordial: Ao chegar no check in seja agradável com a pessoa que lhe atender. Cordialidade traz cordialidade! 

1- Escolha uma roupa confortável, mas não desleixada. Principalmente se for para outro país, uma má aparência pode causar desconfiança nos policiais da alfândega.

2- Opte por uma bolsa ou bagagem de mão do tamanho recomendado pela companhia aérea para não ter problemas na hora de acomodá-la no compartimento acima dos bancos. Leve nela documentos, objetos de valor e uma troca de roupa para o caso da sua bagagem ser extraviada.

3- Pontualidade é fundamental. Chegue ao aeroporto uma hora antes da partida, para voos nacionais, e duas horas antes, para voos internacionais.

4- Arrume as malas que serão despachadas de modo que, ao abri-las para uma eventual vistoria, não cause nenhum constrangimento. Use necessaires para suas roupas íntimas, acessórios etc.

5- Escolha uma poltrona de acordo com a sua inquietação. Se gosta de andar para movimentar as pernas ou se costuma ir ao banheiro, pegue uma do corredor, não da janelinha.  Ninguém merece acordar o passageiro ao lado! Aproveite e tire de sua bagagem de mão os acessórios que você irá usar durante o vôo.

 

Durante o vôo:

1 - O espaço entre as poltronas é pequeno? Mas isto não lhe dá permissão para invadir o espaço do vizinho, colocando os pés apoiados na cadeira da frente ou dominando os braços da cadeira.  Acomode-se bem para viajar e descansar, use a almofada de pescoço!

2 - Não está com vontade de papear com o vizinho? Pegue um livro para se distrair e explique delicadamente que precisa terminar de ler até chegar ao destino.

3 - Se estiver a fim de conversar, repare bem se a pessoa ao lado quer mesmo papear. Evite também perguntas muito pessoais.

4 - Controle a afobação. Não ligue o celular até sair da aeronave, desligue os aparelhos eletrônicos ao ser solicitado e espere ser autorizado para tirar as malas de mão do compartimento acima dos bancos. Além de ser falta de educação não cumprir os avisos, tais regras são uma medida de segurança.

5 - Uma boa forma de se distrair durante a viagem é colocar o fone de ouvido para escutar as suas músicas preferidas. Só tome cuidado para não cantar em voz alta sem perceber, nem deixar o som muito alto a ponto de ser ouvido pelos demais passageiros.

6 - Se tiver filhos pequenos, procure um voo noturno para que eles possam dormir a maior parte do tempo. Leve também o máximo de elementos de distração possível, como lápis de cor, revistinhas e videogame. Às crianças mais crescidinhas, explique antes de embarcar que avião não é lugar de correr ou de fazer barulho.

7 - Controle-se ao beber álcool a bordo, pois seus efeitos são mais fortes em altitudes maiores.

8 - Não deixe sujeira em seu lugar ao desembarcar. Durante a viagem, guarde todo o lixo e entregue ao comissário quando possível.

9 - Por que não ser gentil? Se estiver desacompanhado e perceber um casal viajando separadamente, ofereça o seu lugar.

10 - Cumprimente e seja educado com os comissários. Eles estão lá para lhe servir, mas estão trabalhando e merecem ser respeitados. Definitivamente, não passe “cantadas” nas aeromoças.

11 - Não peça a comida que o vizinho não comeu. Se ainda estiver com fome ou sede, pergunte ao comissário se ele pode lhe trazer mais.

12 - Desodorante é bom e o vizinho ao lado gosta, por isso, lembre-se de repassá-lo novamente no banheiro, no caso de percursos longos.

13 - Evite usar o banheiro da aeronave e, se o fizer, deixe-o limpo e seco ao sair. Procure ir ao banheiro no aeroporto e tente não tomar muitos líquidos a bordo.

15 - Ao dormir, tome muito cuidado para sua cabeça não cair no vizinho. Se tiver problemas com ronco, procure permanecer acordado.

 

Ao desembarcar:

1 - Seja paciente ao desembarcar e agradeça à tripulação pelos serviços prestados.

2 - Na hora de pegar a sua mala na esteira, evite aglomeração e aguarde pacientemente a chegada da sua mala. Confira se a mala é mesmo a sua antes de puxá-la.

3 - Por maior que seja a saudade de casa, não saia correndo pela sala ou corredores, principalmente se estiver conduzindo um carrinho de malas. Atropelamentos no fim da viagem não são boas lembranças.

4 - Caso tenha algum problema de extravio de malas, procure um funcionário da companhia aérea e explique o caso educadamente. Gritar e fazer escândalo não ajudam!

5 - Conseguir um táxi no aeroporto das grandes cidades pode não ser tarefa simples. Se houver, respeite a fila de chegada!

Agência Duka
Ana Lima - Assessora de Imprensa
imprensa@agenciaduka.com.br

(11) 2659-5162 / (11) 98360-0085

Crédito:Cristine Cordeiro

Autor:

Fonte: