Rio de Janeiro, 18 de Julho de 2019

Proteja seus filhos na Internet

Fique alerta!

 

Aprenda a criar um ambiente seguro para proteger a privacidade e segurança de seus filhos na Internet.

Segundo recente pesquisa do IBOBE, 29% dos internautas brasileiros situam-se na faixa etária entre 2 e 17 anos de idade.

A Internet pode ser um lugar excepcional para o aprendizado de crianças e adolescentes, mas também oferece muitos perigos.

Pais responsáveis não deixam os seus filhos abaixo de uma certa faixa etária sairem de casa sem rumo, sem destino.

Com a Internet não pode ser diferente, pois existe disponibilidade de conteúdos inadequados facilmente acessíveis por crianças e adolescentes (ex.: pornografia).

Garanta a segurança dos seus filhos com dicas para ensiná-los a usar a Internet de forma segura e produtiva, adotando algumas sugestões práticas.

1. Defina e restrinja os sites da Internet que seu filho pode visitar
2. Sempre rastreie os sites que seus filhos visitam
3. Aumente a segurança e a privacidade durante o acesso à Internet 

RESTRINJA OS SITES QUE SEUS FILHOS PODEM ACESSAR

Faça agora você mesmo um teste para verificar como é fácil acessar milhões de imagens pornográficas através do mecanismo de busca Google.

1) Acesse http://www.google.com.br/, e clique o link imagens:

2) Em seguida, clique no link Pesquisa Avançada de Imagens:

3) No item Safe Search marque a opção Sem Filtragem:

4) Na item Procurar Resultados digite a palavra sexo no na opção relacionados com todas as palavras e, em seguida, clique no botão Pesquisa Google:

Pronto, você acaba de obter dezenas de milhares - ou milhões - de imagens pornográficas (desfocadas propositalmente!), absolutamente sem filtragem, inadequadas para menores de idade. Aliás, uma vez que o filtro de imagens esteja desativado no Google, qualquer busca feita a partir de então poderá trazer resultados inadequados para qualquer outra palavra usada em uma nova pesquisa.


Como os pais podem bloquear conteúdo considerado inadequado para seus filhos, antes que os mesmos tenham acesso a eles? Para quem usa o navegador Internet Explorer 6 da Microsoft, existe um recurso que filtra conteúdos segundo a idade, maturidade e crenças pessoais.

Filtrando Conteúdos durante a navegação na Internet

O Assistente de Conteúdo do Microsoft Internet Explorer 6 o ajudará a limitar o que seu filho deve ver on-line. Você pode estabelecer os limites segundo seus próprios critérios, as regras de seleção de conteúdo de internet (PICS - Platform for Internet Content Selection) ou o sistema de avaliação de outra organização que seja da sua confiança. Esses controles de classificação normalmente proporcionam níveis de privacidade que impedem a apresentação de conteúdo inadequado (linguagem obscena, nudez, sexo, violência) sempre que os sites que seus filhos visitarem sites fora de seu critério.

Outra boa prática é adotar o sistema de proteção infantil do Windows Live Messenger em sistemas de bate-papo como o MSN da Microsoft. O Windows Live Messenger também inclui proteção infantil para evitar que seu filho tenha acesso a conteúdo inadequado. Você pode escolher níveis distintos de segurança para cada um de seus filhos, segundo idade e nível de maturidade. As características de proteção infantil (em inglês) proporcionam uma lista completa do que o Windows Live Messenger pode fazer por você e por seus filhos.

SEMPRE RASTREIE OS SITES QUE SEUS FILHOS VISITARAM

Embora nem sempre você esteja presente enquanto seus filhos navegam na Internet, você pode sondar os sites que eles visitaram com a ajuda do histórico do Internet. Para ver o histórico da Internet, clique no botão Histórico na barra de ferramentas do navegador. Para obter mais informações sobre como utilizar a lista do histórico, consulte Procurar e voltar às páginas web que foram visitadas recentemente (em inglês).

Clique sobre uma pasta para expandi-la e examine os sites que seu filho visitou.
Com a proteção infantil do Windows Live Messenger, você pode receber semanalmente um informativo por e-mail no qual esteja detalhada a atividade on-line do seu filho, inclusive o tempo total que ele esteve conectado, os sites que ele visitou ou tentou visitar, os endereços de e-mail e as IDs do MSN Messenger das pessoas com as quais ele manteve correspondência, além dos arquivos que ele baixou.


MAXIMIZE A SEGURANÇA E PRIVICIDADE NA INTERNET

Além de bloquear o conteúdo inadequado, recomenda-se inibir os sites e os downloads que podem significar um risco à segurança e privacidade. Sugerimos as seguintes configurações:

Criar contas para cada usuário do computador
O Microsoft Windows XP Home Edition permite a criação de várias contas de usuário para o computador. Cada usuário pode iniciar a sessão independentemente e tem um perfil único, com sua própria área de trabalho e pasta Meus Documentos. Sugerimos que como pai, você pode criar uma conta de administrador com controle total sobre o equipamento e designar contas de usuário limitado para seus filhos. Caso não tenha tenha dificuldade em fazer esse tipo de configuração, peça auxílio, por exemplo, para  os técnicos da área de Informática ou TI da sua empresa.

Os usuários limitados não podem mudar a configuração do sistema ou instalar hardware ou software novo, o que inclui a maioria dos jogos, reprodutores de mídia e programas de bate-papo. Para obter mais informação sobre como configurar contas de usuário diferentes, consulte Compartilhando arquivos e pastas: introdução (em inglês).

Ajustar a configuração de segurança do navegador Internet Explorer
Você também pode proteger seus filhos por meio do navegador Web. O Internet Explorer 6 ajuda a controlar as preferências de segurança e privacidade, definindo níveis de segurança a sites, como visto na seção anterior. O Internet Explorer 6 também protege sua privacidade on-line pois controla o modo como os sites realizam o rastreamento de suas atividades. 

ORIENTE SEUS FILHOS PARA NÃO FALAREM CON DESCONHECIDOS ON-LINE

Os bate-papos em tempo real e as mensagens instantâneas são ótimos meios de comunicação entre as crianças e seus amigos, mas o anonimato da Internet também oferece um risco fazendo com que elas se tornem vítimas de impostores e predadores. Para minimizar a vulnerabilidade das crianças, ensine-as a adotarem precauções como as seguintes:

  • Utilizar somente o nome ou um apelido como identificação.
  • Nunca revelar um número de telefone ou endereço.
  • Nunca enviar fotografias deles.
  • Nunca marcar encontros com alguém que tenham conhecido on-line sem supervisão.

Para proteger as crianças nos mensageiros instantâneos, configure o software para que somente permita contatos aprovados.

Para bloquear contatos desconhecidos no Windows Live Messenger:

  1. Clique em Ferramentas.
  2. Selecione Opções.
  3. Escolha a guia Privacidade.
  4. Adicione as pessoas que você conhece à lista Permitir e bloqueie todos os demais usuários.

O Windows Live Messenger também oferece uma "lista aprovada" para ajudar os pais a limitarem as trocas de e-mail de seus filhos.

Definir regras familiares para o uso da Internet

Ainda que o software possa proteger sua família do conteúdo inadequado na Web, nada pode substituir a orientação de algumas regras básicas aos seus filhos. Fale com eles sobre os riscos gerados pelo acesso a Internet e ensine-os a reagir corretamente frente a situações desagradáveis. Finalmente, estabeleça limites e os discuta com seus filhos. Juntos vocês podem criar um ambiente ameno e mais seguro para quando eles se conectarem.

 

 

Crédito:Luiz Affonso

Autor:Redação

Fonte:Microsoft