Rio de Janeiro, 25 de Maio de 2022

Qual o segredo para blindar o casamento do divórcio?

Especialista revela 5 dicas para viver a relação com mais responsabilidade afetiva

 
O parceiro(a) deve ser companheiro(a), alguém que nos apoie, incentive, caminhe lado a lado e nos respeite

Casar, além de ser uma união voluntária entre duas pessoas que desejam construir uma família, é também aprender lidar, todos os dias, com os defeitos da pessoa amada, é entender que o amor não é só flores e que é preciso resiliência para enfrentar os percalços que possam surgir.

De cada quatro casamentos, um terminará em divórcio -- em média, 15 anos depois do "sim", de acordo com o último levantamento do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), de 2015.

O vínculo conjugal, para dar certo, precisa ser encarado com responsabilidade afetiva e leveza nas palavras e atitudes.

Muitas pessoas pensam que o amor é suficiente para que o casamento possa dar certo, quando, na verdade, ele faz parte de um dos pilares para tornar boa a relação.

Sem dúvidas, sem amor, não se tem como dialogar sobre o casamento que, nessa situação, está fadado ao divórcio.

"O casal, para manter a relação saudável e ter a confirmação do amor no dia a dia, precisa entender o peso das palavras e a forma como a comunicação se estabelece. Quando você se responsabiliza pelo sentimento e pelas expectativas que cria no outro, o casamento tende a ter uma boa comunicação e, por conseguinte, está propenso a ter uma maior longevidade" explica Maicon Paiva, especialista em relacionamentos e fundador da Casa de Apoio Espaço Recomeçar

De forma mais abrangente, a responsabilidade afetiva significa comunicar-se sem se colocar na defensiva e se colocar no lugar do outro, evitando comportamentos egoístas.

Hoje, muitas pessoas buscam amizade no amor, ou seja, casar com alguém que, mais que relação sexual e amorosa, consiga ser um companheiro nas horas mais difíceis, consiga te tirar risadas e mostrar que, verdadeiramente, você pode contar com ele (a).

Maicon Paiva, especialista em relacionamentos e fundador do Espaço Recomeçar, dá 5 dicas de como blindar o amor do divórcio, que são fundamentais para que o casamento seja vivido de maneira mais saudável:

1. Busque por conexão

Para ter uma relação saudável é importante que consiga, da sua maneira, criar conexão, de uma forma que possa encontrar na pessoa amada também uma amizade, uma relação leve, de confiança e que sirva como uma válvula de escape diante da rotina tão exaustiva.

2. Evite fazer acusações

O desentendimento é normal, afinal de contas estamos falando de duas pessoas diferentes, com suas ideias e personalidades.

O que não se pode admitir é um comportamento que seja ofensivo, que constranja e que não te permita ouvir o outro(a). A escuta deve ser ativa e as acusações, sobretudo baseadas em achismos, devem ser evitadas.

3. Pense antes de falar

As palavras têm mais peso do que a gente imagina. Nos momentos de discussão, procure ser claro com o que deseja expressar, sem ironias ou ambiguidades.

Se você sabe que determinado assunto é delicado ou pode ser um gatilho emocional contra a pessoa amada, tente falar dele num momento mais oportuno, com mais calma.

4. Mantenha a conexão espiritual

Trabalhos Espirituais para proporcionar boas vibrações e energias positivas estão sendo buscados por muitos casais que querem se livrar de tudo que possa interferir de forma negativa na sua união.

O Casamento Espiritual, no Espaço Recomeçar, propicia um casamento mais estável, harmonioso, tranquilo e amoroso.

5. Preserve a admiração

Nunca deixe de elogiar os pontos positivos ou acertos do seu companheiro(a), pois eles servirão como referência de tudo que você gosta dentro da relação.

Amar é admirar e sentir um eterno encantamento.

Por isso, não limite os elogios e entenda que eles são fundamentais para que o amor continue sendo vivido de forma intensa e mais gentil.

Para proteger a sua união, a Casa Espiritual Espaço Recomeçar, que já atendeu mais de 35 mil pessoas e atua na área há mais de 20 anos, entre todos os seus Trabalhos Espirituais, conta também com o Casamento Espiritual para que a união apresente condições favoráveis para o cultivo de um bom relacionamento.
 

Sobre o Espaço Recomeçar

Desde 2002, o Espaço Recomeçar auxilia pessoas através de trabalhos espirituais. Seu fundador Maicon Paiva é um renomado espiritualista paulistano e sentiu a necessidade de auxiliar as pessoas em suas vidas, seguindo a tradição da leitura de búzios e tarô, ele e sua equipe auxiliam com limpezas espirituais e amarrações amorosas. Nos anos de trabalho, o Espaço Recomeçar já auxiliou mais de 35 mil pessoas e está aberto para receber você! Confira nossos serviços através do site, clicando aqui!

 

Crédito:Luiz Affonso

Autor:Kayro Almeida

Fonte:Queissada Comunicação