Rio de Janeiro, 19 de Maio de 2024

Reposição hormonal

Como funciona a terapia de reposição hormonal na menopausa

A menopausa é uma fase que acomete milhares de mulheres ao redor do Brasil e do mundo, se trata de um período completamente normal e natural para toda mulher, mas que precisa de muitos cuidados.

Essa fase acontece entre os 45 e os 51 anos, mas variam bastante de mulher para mulher e é conhecido como o sinal da finalização do período de reprodução feminina, ou seja, a partir dali a mulher não consegue mais engravidar.

Quando a mulher é apenas uma jovem, ela tem a sua primeira menstruação, que é um sinal que mostra a mulher que ela já pode engravidar, a menopausa funciona como o aviso de que a mulher já não pode mais reproduzir.

Diferente dos homens, que nascem com a produção de espermatozoides ilimitada, as mulheres possuem uma quantidade pré-determinada de óvulos que, em um momento, irão acabar e é aí que surge a menopausa. 

Nesse caso, a mulher passa por diversos tipos de tratamentos para lidar com os sintomas e problemas que essa fase traz, assim como um agricultor cuida de suas plantações utilizando bons implementos agricolas.

Por conta das diversas alterações que acontecem nos hormônios da mulher durante essa fase, é normal que ela se sinta mais estressada e até mesmo com a autoestima baixa, pois sabemos bem que os hormônios mexem com todo o organismo.

A mulher por si só já sofre bastante com os hormônios desde nova, quando ela menstrua, quando engravida, quando usa algum método contraceptivo hormonal e até mesmo na menopausa.

Ser mulher é um baita desafio, não apenas por ter que enfrentar o mundo desigual que vivemos, mas é um desafio para o próprio corpo, que precisa lidar com diversas mudanças em tão pouco tempo e ainda garantir a saúde da mulher.

Sendo assim, cuidar da saúde durante a menopausa é essencial, encontrar o melhor tratamento, conversar com as pessoas que confia e até mesmo contar com brindes personalizados bloco de anotações para anotar o que está sentindo nessa fase.

Dentre tantos tratamentos e dicas que vimos pela internet e pelas clínicas médicas, um dos melhores tratamentos para essa fase tem sido a reposição hormonal, que traz para a mulher aquilo que ela estava perdendo.

Por isso, hoje iremos a fundo não apenas no funcionamento desse tipo de tratamento, mas também no conceito de menopausa para que você, homem ou mulher, entenda bem sobre essa fase para se ajudar ou ajudar uma mulher que está passando por esse momento delicado. 

Entenda o que é a menopausa 

A menopausa é uma fase que atinge todas as mulheres entre os seus 45 e 51 anos, entretanto, essa faixa etária muda de acordo com cada organismo, estado físico e até mesmo a ata da primeira menstruação da mulher.

Ela se caracteriza pela chegada da última menstruação da vida da mulher, que marca o fim da sua fase reprodutiva, cessando a produção de óvulos e fazendo com que a mulher perca alguns hormônios essenciais para a sua saúde.

Por isso, algumas mulheres tendem a ficar mais estressadas e tristes nessa fase, justamente pela falta de hormônios.

Sendo assim, recomenda-se que pessoas próximas deem presentes com embalagens de papel cartão personalizadas para que essas mulheres se sintam melhores nesse momento tão delicado.

Os hormônios são substâncias químicas mensageiras produzidas pelas glândulas, cada hormônio tem uma função específica, seja de regular o crescimento, a vida sexual, o desenvolvimento e o equilíbrio, por isso, eles são tão importantes para as atividades biológicas do corpo.

Com a chegada da menopausa, a mulher para de menstruar e de produzir seus óvulos, fazendo com que a produção de hormônios também seja afetada, o que traz diversos sintomas para a mulher nessa fase, como:

  • Mudanças no ciclo menstrual;

  • Coceira vaginal;

  • Falta de lubrificação vaginal;

  • Ondas de calor;

  • Diminuição da libido;

  • Perda da firmeza dos seios;

  • Insônia;

  • Sudorese;

  • Dor de cabeça;

  • Incontinência urinária;

  • Perda de massa óssea;

  • Aumento de peso;

  • Mudanças de humor constantes;

  • Entre outros. 

Nesse caso, o hormônio mais afetado é o estrogênio, responsável pela vida sexual feminina e que trabalha para que a ovulação dela aconteça todo o mês. Com a chegada da menopausa, ele para de ser produzido, o que afeta o corpo como um todo.

Assim como uma empresa de exame demissional funciona quando cada parte da empresa funciona, o corpo e da mesma forma, para que ele se mantenha saudável, cada parte precisa desempenhar o seu papel com máxima qualidade.

Sendo assim, a falta de apenas um hormônio pode afetar toda a saúde da mulher, por isso, a menopausa está longe de ser uma frescura, como muitos ainda pensam, é uma fase que precisa de extremo cuidado e atenção.

Tratar a menopausa é tão importante quanto tratar qualquer outro problema de saúde, pois ela também afeta a saúde física e principalmente a mental da mulher, que muitas vezes se sente inferiorizada dentro dessa fase tão delicada.

Por isso, o tratamento junto ao ginecologista é extremamente importante no sinal de qualquer sintoma da menopausa, mas o acompanhamento com o psicólogo também é essencial para que a mulher passe por essa fase de maneira mais leve e tranquila. 

Veja como funciona a reposição hormonal 

Além de comprar equipamento de pilates para manter as atividades físicas em dia durante a menopausa, existem tratamentos que em paralelo a isso também podem ajudar a mulher a ter mais paz durante a menopausa.

Estamos falando do tratamento mais recomendado e, até então, o mais benéfico para a maioria dos casos, que nada mais é do que a reposição hormonal, que como o próprio nome já diz, nada mais é do que a colocação do hormônio no organismo feminino.

Como vimos, durante a menopausa é normal que alguns hormônios parem de ser produzidos, o que gera problemas em todo o corpo, por isso, a reposição surge para substituir essa produção e aliviar os sintomas da menopausa.

Essa reposição pode ser feita através do consumo de comprimidos ou até mesmo através da aplicação de injeções com o hormônio que está em falta no corpo da mulher para que ele faça o seu papel no organismo.

Entretanto, só é possível fazer isso após uma consulta com especialista e uma série de exames, por isso, recomenda-se a consulta com ele e a solicitação de um atestado de saúde ocupacional retorno ao trabalho caso precise se ausentar do seu serviço para isso.

Os exames são necessários pois, mesmo o estrogênio sendo o hormônio mais danificado durante a menopausa, pode não ser o único, e apenas um exame bem detalhado poderá mostrar quais hormônios estão em falta no corpo da mulher e que precisam de reposição.

O tratamento da menopausa com reposição hormonal traz diversos benefícios para as mulheres, o principal deles é o alívio dos sintomas que, se chegam a um nível alto, podem tirar o controle de qualquer mulher.

Além disso, são opções de tratamentos que não trazem efeitos colaterais e que são acessíveis para a maioria das mulheres, permitindo que elas passem por essa fase de maneira mais saudável.

E lembrando que, se optar pela reposição hormonal via injeção, é importante se certificar que o consultório conta com um bom fornecedor de seringas para que você receba tudo com a maior qualidade possível.

Dessa maneira, você conseguirá passar por essa fase tão delicada de maneira mais tranquila, leve e saudável, garantindo sua saúde física e mental e uma velhice com menos estresse e problemas. 

Consulte sempre um especialista 

Por fim, mas longe de ser menos importante, não poderíamos deixar de destacar a importância de sempre consultar um bom especialista para te falar exatamente o que deve ser feito em cada caso.

Isso porque cada mulher possui um organismo, um ciclo menstrual e uma produção de hormônios e óvulos diferentes, sendo assim, apenas exames podem te mostrar o que o seu corpo realmente precisa.

Pensando assim, em qualquer sinal que aparente ser a menopausa, procure o seu ginecologista, de preferência um que conte com um bom esterilizador para laboratório que garanta a qualidade do ambiente em que estará.

Diga a ele o que sente e siga as instruções que ele passar, sejam os exames solicitados ou até mesmo a consulta com algum outro tipo de especialista, retorno ao ginecologista com os exames e veja qual o melhor tratamento para você.

E é claro que, não podemos deixar de também reforçar a importância de manter contato com um psicólogo para que você cuide da sua saúde mental em paralelo com a física e saiba lidar com o turbilhão de sentimentos, pensamentos e sensações diferentes dessa fase.

A menopausa não precisa e nem deve ser uma fase torturante para a mulher, hoje, com o avanço da medicina e da farmácia, é mais do que possível passar por essa fase com mais alegria e disposição.

Dessa maneira, você cuidará tanto da sua saúde física quanto da mental, garantindo muitos anos de vida com saúde e energia, sabendo que essa fase vai passar e que enquanto ela estiver com você, é possível contar com bons tratamentos para te auxiliar. 

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

 

Crédito:Luiz Affonso

Autor:Jennifer Khauffman

Fonte:Guia de Investimento