Rio de Janeiro, 16 de Julho de 2019

Devemos amar os nossos inimigos?

Alguém que está contra você, que busca lhe prejudicar a todo custo e que rouba ou trai.

Merece ser amado?

Com certeza todos nós temos um ou vários amigos que sempre estão presentes em nossas vidas e a esses dedicamos muito carinho e amor.

De fato a amizade verdadeira é algo que alegra a vida de qualquer pessoa.

Não é a por acaso que a palavra de Deus nos mostra que quando obedecemos a Deus ele também se torna nosso amigo.

E o que falar de pessoas que consideramos nossos inimigos?

Se analisarmos o significado da palavra "Inimigo" poderemos fazer algumas observações importantes.

Inimigo: Contrário, Adversário.

Alguém que é considerado um inimigo é alguém que esteja contra você, um adversário.

Inimigo: " que odeia alguém, que procura prejudicá-lo"

Agora imagine a seguinte situação, alguém que está contra você, que busca lhe prejudicar a todo custo. Merece ser amado?

Se falarmos de acordo com nossa natureza pecaminosa com certeza diremos um não bem forte. Afinal, essa pessoa só quer me prejudicar, por que razão eu devo ama-lo?

A palavra de Deus nos ensina a amar os nossos inimigos.

Mateus 5:43 ao 48

Ouvistes que foi dito: Amarás o teu próximo, e odiarás o teu inimigo.

Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus;

Porque faz que o seu sol se levante sobre maus e bons, e a chuva desça sobre justos e injustos.

Pois, se amardes os que vos amam, que galardão tereis? Não fazem os publicanos também o mesmo?

E, se saudardes unicamente os vossos irmãos, que fazeis de mais? Não fazem os publicanostambém assim?

Sede vós pois perfeitos, como é perfeito o vosso Pai que está nos céus

Observem bem este versículo:

"Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus;"

Não devemos apenas amar os nossos amigos, mas, bendizer, fazer o bem e orar pelos que nos maltratam e vos perseguem.

E o versículo termina dizendo: Para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus;

Pois, se amardes os que vos amam, que galardão tereis?

Não fazem os publicanos também o mesmo?

E, se saudardes unicamente os vossos irmãos, que fazeis de mais?

Não fazem os publicanos também assim?

Existem pessoas que conseguem ter duas personalidades completamente diferentes.

Se vocês estão bem, tudo ok, mas, se você faz algo que não agrade essa pessoa, saia de perto!

Muitas vezes agimos dessa maneira, quando tudo nos convém ou seja as pessoas nos agradam são nossas amigas.

Nos alegramos, amamos e ficamos perto,mas, quando algo nos desagrada quase que imediatamente ficamos enfurecidos e sem qualquer dificuldade estamos em uma verdadeira guerra com aquela pessoa que outrora era seu melhor amigo.

O fato é que obedecer a Deus e a sua palavra é algo que exige de nós um sacrifício, na verdade é necessário morrermos.

Isso mesmo, deixarmos morrer o velho homem que tem essa característica "vingativa".

Devemos sempre lembrar que a palavra de Deus nos ensina que assim como nós perdoamos as pessoas que nos ofendem, assim também Deus nos perdoará.

Quantas e quantas vezes erramos em nossa vida?

E por várias vezes pedimos perdão.

Amar o seu inimigo é liberar o perdão.

Mateus 18: 21,22

Então Pedro, aproximando-se dele, disse: Senhor, até quantas vezes pecará meu irmão contra mim, e eu lhe perdoarei? Até sete?

Jesus lhe disse: Não te digo que até sete; mas, até setenta vezes sete.

A ideia apresentada no versículo acima é que devemos estar constantemente perdoando as pessoas, e essa é uma tarefa diária.

Perdoar é primeiramente reconhecer que existe um ressentimento com relação aquela pessoa, e pedir a Deus que aquele sentimento vá embora. Devemos também pedir a Deus para que abençôe aquela pessoa, e que ela possa mudar de atitude.

A palavra de Deus nos ensina, que devemos amar,bendizer,fazer o bem e orar por nossos inimigos.

Porque assim seremos filhos do Pai Celestial.

Sei muito bem que não é uma tarefa fácil, no entanto, necessária.

Pare um pouco e pense: Se Deus agisse como nós e decidi-se não nos perdoar por tudo o que já fizemos?

Que Deus nos Abençôe.

 

Não exista nada melhor do que ser amigo de Deus.

 

Crédito:Luiz Affonso

Autor:Natanael Oliveira

Fonte:Universo da Mulher