Rio de Janeiro, 18 de Agosto de 2018

O segrêdo das relações

“Se você se sentir emocionalmente vazio antes de iniciar um relacionamento, sentirá exatamente a mesma coisa depois que estiver dentro dele."
        
Apaixonar-se é uma experiência mágica e poderosa.
 
Cada beijo, cada conversa, cada um dos momentos do inicio parece tão perfeito, tão certinho...
 
Mas logo isso tudo se transforma em um “relacionamento”, e eis-nos trazidos de volta à terra diante da realidade desafiadora de compartilhar nossa vida com outra pessoa.
 
E à medida que aquelas primeiras semanas encantadas vão se convertendo em meses, descobrimo-nos um dia perguntando:
 
“Essa é a pessoa para mim?”
                                           
E depois geralmente aparecem essas:
-   Como pude ser tão cega (o)?
-   Eu me sentia tão segura (o)?
-   Nós nos amávamos, mas não conseguíamos concordar em nada.
     
É sempre muito mais fácil olhar para trás e distinguir com clareza coisas que não podíamos ver antes
    
Mitos amorosos também são crenças que muitos de nós mantemos a respeito do amor e do romance e que realmente nos impedem de atrair a pessoa e situação realmente desejada.
     
Tais crenças e idéias são desenvolvidas a partir da televisão e cinema, leitura romântica e falta de ensino ou experiência.
 
Os mitos falsos e fatais sobre o amor
 
-   O verdadeiro amor conquista tudo. Mesmo que ele beba, mesmo que nossa vida sexual não seja grande coisa, mesmo que ele(a) me critique, que brigamos sempre, que sejamos de religião diferente, etc...
 
-  Quando for realmente um amor verdadeiro, você saberá no momento em que encontrar a pessoa. Você espera um momento fantástico, pois se este momento parece muito tranqüilo não pode ser um amor real e duradouro. Você espera pela química da primeira vista, que geralmente é erotismo.
 
-   Existe apenas um único e verdadeiro amor.Você acredita ou ouve falar que ele é único e cria uma fantasia da alma gêmea.
 
-   O parceiro perfeito preencherá todas as suas necessidades. Basicamente, espero que você preencha todas as minhas necessidades senão você não serve.... mesmo você sendo uma pessoa maravilhosa, mesmo a gente sendo compatível, mesmo você aceitando todos os compromissos.
    
Os maiores erros que cometemos no início de um relacionamento
 
-  Não perguntamos o suficiente. Pode ser que não seja romântico, pode até parecer uma entrevista, mas com os inúmeros casos de gravidez indesejada, HIV e relacionamentos obsessivos pode até virar uma questão de vida ou morte. Pode até ser que não queiramos saber da verdade, afinal depois de se estar desesperado ou por falta de opção, qualquer coisa serve e a realidade sabotaria a fantasia de príncipe encantado ou até queremos esconder alguma coisa.
 
-  Assumimos compromissos prematuramente. Quando você conhece uma pessoa, compartilha com ela seus valores e crenças... isso é normal. Numa atitude prematura você corre o risco de desistir de seus interesses ou atividades ou assume um envolvimento nas atividades da outra pessoa que verdadeiramente não lhe atraem, só para agradar.
 
Os tipos de relacionamentos que não dão certo.
 
-  Você ou o parceiro(a) se preocupam mais com o outro(a) do que  consigo.
 
-  Você ou o parceiro(a) estaria apaixonado(a), pelo potencial ou imagem publica do outro(a).
 
-  Você ou o parceiro(a) estariam em uma missão de salvamento.
 
-  Você ou o parceiro(a) estariam juntos por motivos alheios, como ser rebelde ou falta de opção.
 
-  Você ou o parceiro não estão disponíveis para um relacionamento.
 
Seis qualidades para procurar em um parceiro(a)
 
-  Compromisso com o crescimento pessoal. O parceiro tem como meta sempre aprender tudo que puder para se tornar uma pessoa melhor e um cônjuge melhor.
 
-  Abertura emocional. Abertura emocional de um parceiro lhe permite acesso a seu mundo interior.
 
-  Integridade. Alguém que seja honesto com você e com os outros. Antes de qualquer coisa ele precisa ser honesto consigo mesmo.
 
-  Maturidade e responsabilidade. Existem pessoas que não estão preparadas para assumir um relacionamento com compromisso.
 
-  Atitude positiva diante da vida. Os relacionamentos se tornam muito fáceis quando se está ao lado de uma pessoa positiva.
 
-  Auto-estima elevada. Seu parceiro só poderá amá-la(o) o tanto quanto  se ama.
 
E finalmente chegamos ao ponto com relação à lei da atração.
 
Em um relacionamento é preciso entender primeiro o como e o porquê se está entrando nele.
         
Uma pessoa com baixa-estima ama com o objetivo de se sentir bem consigo mesma.
 
Quanto mais você se amar .....menos você irá praticar abusos físicos e emocionais contra você mesmo e também não deixará que os outros lhe maltratem.
        
Como você pode esperar que os outros gostem de sua companhia se você mesmo não gosta dela?
 
Todas essas são questões muito importantes para entender a lei da atração e como você atrai as coisas. Você trata a si mesmo como espera que os outros lhe tratem?
 
Você se tornará a solução para si mesmo.
 
Será seu mestre, seu guia, seu próprio professor.
 
E agora comece a dar mais tempo e energia a si mesmo, só você pode se entender.....se compreender de verdade.
 
E a partir daí poderá doar aos outros........mas não doar a si mesmo e sim doar o que aprendeu.
      
Quer que as pessoas se apaixonem por você?
 
Simples ...é só você se apaixonar por você mesmo antes.
 
Pois quando você ama a si mesmo, então pode amar a outros.
 
Você deve se focar na melhor parte de cada pessoa que lhe cerca.
 
Faça até mesmo uma lista dos pontos positivos das pessoas com as quais você passa muito tempo.
 
Na privacidade da sua própria mente, você deve pensar, lembrar e sentir apenas as coisas que você mais gosta dessas pessoas e elas irão apresentar apenas esses pontos positivos para você.
 
Quando elas estiverem com atitudes que não se encaixam com o sua, vocês poderão simplesmente se desencontrar......isso serve para conhecidos, colegas, amigos, parentes e até seu companheiro(a).
 
Simplesmente a lei de a atração irá colocá-los em lugares diferentes nestes momentos.
         
Se você conhecesse o seu potencial para se sentir bem, não iria pedir a ninguém para ser diferente ao seu lado.
 
Você se libertaria de todas as necessidades de mudar o mundo, seu parceiro, seus filhos...
   
Quando você compreender por que fez as escolhas amorosas que fez no passado, estará livre para fazer novas e melhores escolhas.
 
Suas crenças, filosóficas ou programações mentais inconscientes são responsáveis por grande parte do sofrimento na sua vida amorosa.
 
“Aqueles que se lembrarem de seu passado com sentimentos negativos, estão condenados a repeti-los novamente.”

 

Crédito:Lúcia Beatriz

Autor:Lúcia Beatriz

Fonte:www.sintoniasaintgermain.com.br