Rio de Janeiro, 18 de Novembro de 2017

Fazer sexo faz bem a saúde

Mulher, se você pensa que os benefícios do sexo são meramente demonstrar afeto e se reproduzir, você está muito enganada.
 
Fazer sexo é também sinônimo de saúde.
 
A atividade sexual libera hormônios, causa bem estar e uma série de outros benefícios para o organismo humano, desde que, claro, seja feito com proteção.
 
“Durante o sexo, ocorre um aumento da pressão arterial, uma elevação da frequencia cardíaca, aumento da frequência respiratória, a liberação de alguns hormônios na circulação. Após o término, a pessoa relaxa, a pressão cai, a frequência cardíaca cai, e vem uma sensação de bem estar”, explica a médica ginecologista e obstetra Denise Gomes.
 
Só para você ter uma idéia sexo é tão importante que já chegou a ser recomendado pelo Ministério da Saúde.
 
Na época, a indicação do ministro José Temporão era de praticá-lo ao menos cinco vezes por semana.
 
Apesar disso, um estudo do Hospital das Clínicas indicou que o brasileiro está bem abaixo e faz sexo em média de duas a três vezes por semana.
 
Quer ainda mais motivos para fazer sexo?
 
Ele alivia o estresse, pode queimar até 300 calorias, em média, deixa a pele e cabelos mais brilhantes e também rejuvenesce.
 
Tudo isso devido à liberação da endorfina que aumenta a sensação de prazer, além de regular o sono e afastar a depressão.
 
A beleza da pele e o brilho do cabelo são conseqüências do aumento do nível de estrógeno no sangue.
 
Uma pesquisa feita no Hospital Real de Edimburgo, na Escócia descobriu que mulheres que aparentavam cerca de dez anos a menos do que sua idade verdadeira, mantinham relações sexuais pelo menos três vezes por semana.
 
Usar preservativo, lubrificantes e não ter vários parceiros representam também um sinal de saúde.
 
Tomando as precauções necessárias, só nos resta uma indicação: Faça Sexo Regularmente.
 
 
 

Crédito:Luiz Affonso

Autor:Ginecologista e Obstetra Dra. Denise Gomes

Fonte:www.plenaclinica.com.br