Rio de Janeiro, 20 de Abril de 2019

Autobronzeador: cor sob medida

Admirável mundo novo: se, por um lado, a destruição da camada de ozônio tem tornado a exposição aos raios solares cada vez mais perigosa, os avanços tecnológicos levaram a uma forma segura e saudável para ganhar um tom de pele dourado: o uso de autobronzeadores.

Esses produtos são a melhor opção, segundo os médicos, para você conseguir aquela cor de verão sem temer os efeitos cancerígenos e de envelhecimento da pele causados pelo sol.

“Mas é importante lembrar que, embora deixem a pele bronzeada, eles não protegem do sol. Portanto, não dispensam o uso de protetores”, diz a dermatologista Monica Fiszbaum, da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

A cor é obtida porque os autobronzeadores contêm diidroxiacetona (DHA), que, em contato com a queratina da camada superficial da pele, causa uma reação de oxidação, produzindo uma substância amarronzada.

Uma alternativa aos autobronzeadores tradicionais de efeito rápido são os hidratantes tonalizantes, que escurecem a pele de forma mais sutil e progressiva. “Eles usam a mesma substância (DHA) que dá a cor, mas em concentração menor. Além disso, as substâncias emolientes do hidratante diminuem a ação do DHA”, diz Monica. Como agem aos poucos, fica mais fácil controlar o escurecimento até atingir o tom desejado, o que diminui o risco de manchas.

+ O mesmo produto está disponível na versão bronze a jato. Nós testamos! Confira.

A indústria também oferece soluções instantâneas e de curto prazo para um bronze fake que dura só até o próximo banho. São os produtos de maquiagem para o corpo que, além do tom dourado, dão um toque de brilho à pele.

Leia a seguir as dicas para ganhar uma cor com segurança.

Em tempo: a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) proibiu ontem (12/11) em todo o Brasil o uso de câmeras de bronzeamento artificial que emitem raios ultravioleta. Segundo a Iarc (Agência International de Pesquisa do Câncer), o risco de contrair câncer por quem utiliza essas câmeras antes dos 30 anos é elevado em 75%

NO DIA A DIA
Hidratantes que “bronzeiam” são ótimos para quem quer uma cor discreta e gradual.

Segundo a dermatologista Monica Fiszbaum, para obter o bronzeado com esses produtos é preciso passá-los diariamente por cerca de dez dias, em seguida ao banho.

Depois, para manter a cor, ela recomenda a reaplicação em dias alternados.

E atenção: apesar de os hidratantes apresentarem menor concentração de DHA, eles também podem manchar mãos e unhas, que têm maior contato com o produto.

Para evitar esse problema, lave-as bem depois da aplicação.

PARA O FIM DE SEMANA
Cremes autobronzeadores apresentam resultados rápidos – “Em cerca de três horas a pele já está mais pigmentada”, diz Monica Fiszbaum.

Para não “errar a mão” (e o tom), a aplicação deve ser feita após o banho, com a pele seca, usando pouca quantidade do produto.

“Para chegar ao tom desejado, reaplique três vezes por semana. Quando estiver satisfeita com a cor, a manutenção é feita com a reaplicação uma vez por semana”, diz Monica.

Suas dicas para obter um bom efeito: “Passe o produto primeiro nas áreas mais extensas do corpo. Com o produto que sobrar nas mãos, aplique nos cotovelos, joelhos, calcanhares e em outras áreas onde o creme pode se concentrar mais devido ao excesso de pele e de dobras”.

Se você não usar luva descartável para a aplicação, lave bem as mãos e as unhas depois, para que não fiquem amareladas. Também não se esqueça de deixar o produto secar bem antes de se vestir.

EM TEMPO: câmeras de bronzeamento que emitem radiação ultravioleta foram proibidas ontem (11/10) em todo o Brasil pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Segundo um estudo da Iarc (Agência Internacional para Pesquisa do Câncer), o risco de câncer de pele por quem utiliza esse equipamento é elevado em 75%.

 

PARA UMA FESTA
Maquiagem para o corpo pode funcionar se for usada no momento certo.

“À noite, o resultado fica bonito e impressiona, mas durante o dia pode ficar excessivo”, diz o maquiador Marcelo Gomes. Isso porque, além de colorir, os produtos costumam ter substâncias que dão brilho à pele.

O maquiador Marcus Bari, gerente de treinamento da Givenchy no Brasil, diz que a maquiagem pode ser passada no corpo todo, com exceção do rosto. “O melhor é não aplicar diretamente: coloque uma pequena quantidade na palma da mão e então espalhe nas áreas do corpo.”

Segundo Bari, após aplicar uma leve camada na pele toda, você pode passar uma segunda camada nas zonas que ficarão mais expostas, como colo (sem esquecer o pescoço), pernas, ombros e braços. E lembre-se de alinhar a maquiagem do corpo com a da face. “Como a maioria desses produtos para maquiar o corpo tem brilho, o ideal é usar iluminadores no rosto”, diz Marcelo Gomes.

PELE BEM PREPARADA
Esfoliar o corpo antes da primeira aplicação do autobronzeador ajuda a deixar o resultado homogêneo e diminui o risco de manchas. “Esfolie principalmente as regiões com excesso de pele, como cotovelos e joelhos”, diz a dermatologista Carla Vidal. Logo depois de passar autobronzeador, é melhor evitar a esfoliação, pois ela acelera a perda da cor.

 

Crédito:Luiz Affonso

Autor:Vânia Goy e Iara Biderman

Fonte:Criativa