Rio de Janeiro, 10 de Agosto de 2020

SOS PARA O VERÃO

Novo tratamento elimina celulite e gorduras localizadas

 


 

O verão está chegando e antes de vestir uma roupa mais curta é melhor parar em frente ao espelho e fazer uma avaliação do seu corpo. Caso suas medidas não estejam te agradando o jeito é correr e tentar chegar na estação mais quente do ano com tudo em cima. A esteticista e fisioterapeuta Estela Cardoso recomenda um tratamento polivalente, que reúne diversas técnicas em um só aparelho.

Conhecido como Ultravac, o aparelho oferece em uma única sessão a ação de ultra-som mais a ação de endermologia, e ganhou esse nome pois ao ser aplicado ele promove uma espécie de sucção. Segundo Estela Cardoso, é o primeiro tratamento com ações terápicas combinadas. Essa combinação toda tem como objetivo ativar o sistema circulatório realizando uma micromassagem ultrasônica nas estruturas abaixo da derme em processo de sucção contínua. Atua nos sistemas circulatório e linfático, tanto no plano superficial como profundo, auxiliando na liberação das toxinas que são lançadas na corrente sanguínea. Isso proporciona a desobstrução da região onde o aparelho é aplicado, o que revitaliza o tecido e permite que o sangue e linfa circulem mais facilmente. Desta maneira, melhora a nutrição celular e propicia a eliminação de radicais livres.

Mas esse tratamento combinado não promete acabar apenas com os radicais livres, não. O Ultravac é conhecido como o destruidor de celulite e daquelas gorduras compactadas. Por conta do ultra-som, o Ultravac aumenta a circulação e a extensibilidade das fibras colágenas. Esses efeitos ocorrem nos adipócitos, aumentando a atividade metabólica celular, favorecendo a liberação de ácidos graxos e outros lipídios da membrana celular de seu interior. Como há quebra das ligações intercelulares, ocorre aumento da permeabilidade entre as células, o que facilita a drenagem dos lipídios pelo sistema linfático, melhorando a redistribuição da gordura corporal. Outra vantagem da terapia combinada é o aumento da produção de colágeno pelos fibroblastos e a eliminação de líquidos de edemas, sejam patológicos ou apenas por retenção hídrica.

Como todas essa terapias são realizadas ao mesmo tempo, a sessão dura 30 minutos e se perde de 5 a 6 cm. “As pessoas não tem mais tempo de fazer tratamentos separados. Um hora de ultra-som, mais uma de drenagem. Todo mundo tem pressa e nada melhor que fazer tudo de uma única vez. Tudo simultaneamente”, aconselha a profissional.


 

Crédito:Cris Padilha

Autor:Janis Lyn

Fonte:Rojas Comunicação