Rio de Janeiro, 30 de Abril de 2017

E agora qual o tratamento?

E agora qual o tratamento?

Se seus cabelos estão quebradiços, opacos, fragilizados, anime-se, pois existem técnicas especiais para recuperar os fios.

Não deixe de lado as tradicionais hidratações, mas recorra a tratamentos de choque, caso necessite.

Conheça alguns tratamentos:

Cauterização Capilar: Nem todos os cabelos estão preparados para receber de uma só vez tantas proteínas como em uma cauterização. Sua técnica consiste na aplicação de queratina e colágeno que atingem as menores fissuras da fibra capilar. Indicado para cabelos muito danificados. O processo deve ser repetido caso necessário.

Retexturização: Neste processo os cabelos são aquecidos a 180 graus, e logo depois neutralizados. Com isso sofrem uma reestruturação interna e se tornam mais maleáveis. A fórmula contém proteínas das plantas, e um complexo natural que fornece íons negativos. O tratamento deve ser repetido a cada 3 meses, e elimina bastante a porosidade dos fios.

Nanoqueratinização: É a técnica que permite o fechamento da cutícula, a parte mais externa, para que a queratina penetre melhor na medula, o núcleo capilar. O processo divide-se em 3 etapas.

Reconstrução capilar: O processo tem um passo a passo, no qual são abertas as escamas dos cabelos, e então são usados queratina e colágeno nos fios, ativados pelo vapor.

Todos estes processos têm um passo a passo em sua aplicação.

Os produtos usados também podem ser modificados, dependendo do estado em que estiverem os cabelos.

O processo também não deve ter regras gerais, vai depender do que os fios necessitam.

Um diagnóstico capilar torna-se necessário, e deve ser feito por um profissional qualificado, que indicará qual o melhor tratamento, em quantas sessões e qual o método a ser utilizado.

 

Crédito:Cristina de Lucena

Autor:Pérola Amaral

Fonte:Universo da Mulher