Rio de Janeiro, 24 de Agosto de 2017

Corrente Russa para combater a flacidez

Tratamento estético ajuda a recuperar a forma
 
 
Ficar mais bonita é trabalhoso, às vezes custa caro, mas o resultado final é recompensador.
 
As mulheres procuram tratamentos para manter a beleza natural e hoje elas têm à disposição muitos tipos de tratamentos.
 
A esteticista Alzelene Sousa, do salão Yes, com unidades em São Paulo e Alphaville, comenta como a Corrente Russa auxilia no combate a flacidez.
 
A Corrente Russa ajuda a definir a musculatura, combate a flacidez e ajuda na força muescular.
 
É uma forma de eletroterapia, associada a movimentos musculares. A corrente elétrica utilizada é de baixa freqüência e com pouca intensidade.
 
“Os estímulos elétricos estimulam os músculos por meio de eletrodos aplicados sobre o corpo em pontos determinados”, explica Alzelene. “A técnica trabalha tanto as fibras musculares vermelhas quanto as fibras brancas, e é realizada através de um aparelho que tem a função de promover a contração dos músculos”, afirma.
 
Aplicações
 
As aplicações da Corrente Russa têm como propósito tonificar e enrijecer a musculatura. As sessões vão elevar a capacidade muscular. Claro, quando associadas a exercícios físicos, os resultados são mais rápidos. “Os estimulos elétricos ajudam nos tratamentos pós-cirúrgicos, emagrecimento e flacidez muscular pós-parto”, afirma a esteticista.
 
Os benefícios
 
Enrijecer e tonificar a musculatura: Quando o músculo está com pouca massa muscular devido ao sedentarismo ou dietas hipocalóricas que podem provocar flacidez muscular.
 
Melhora a circulação sanguínea e o fluxo linfático. A contração e o relaxamento exercem ação de bombeamento sobre vasos venosos e linfáticos,  o que ajuda a ativar a circulação.
 
Favorece o trânsito intestinal através da estimulação feita no abdômen.
 
Indicações
 
É indicado para pessoas que tem retenção de líquido: inchaços nos casos de TPM, menopausa, obesidade.
Flacidez muscular nas pernas, braços, abdômen e glúteos, celulite e gordura localizada.
Pós-parto, pós-emagrecimento, pré e pós-lipoaspiração.
Para quem não tem tempo de fazer exercícios com frequência. 
 
Duração do tratamento
 
O procedimento tem duração de 10 a 30 minutos, é indicado de duas a três sessões por semana. O tratamento todo varia de 10 a 20 sessões aproximadamente, podendo ser estendida até que se obtenha o resultado desejado.
 
Se o tratamento for aliado a atividades físicas o resultado é alcançado com mais rapidez.
www.flotereschauff.com.br
 

Crédito:Anna Beth

Autor:Luiz Affonso

Fonte:Universo da Mulher