Rio de Janeiro, 25 de Junho de 2017

Calvície feminina? E agora?

O cabelo é considerado por muitos como um dos principais atributos de beleza feminina. Sabemos que perder cabelo é normal. Cerca de 60 a 100 fios de cabelo caem da cabeça de todas as pessoas diariamente , o que não é significativo perante cerca de 100 mil fios que possuímos.

Com o passar da idade ocorre mudança da estrutura dos fios, tornando-se mais finos e em menos numero. No entanto, muitas pessoas apresentam uma perda diferente da padrão que pode ser um indicio de algum problema de saúde ,que deve ser investigado.

EXISTE SOLUÇÃO PARA ACABAR COM A QUEDA DOS FIOS?

 

Como dito, a queda dos fios é fisiológica e , dessa forma, sempre teremos alguma queda durante o dia.

Para prevenir e tratar as patologias que desencadeiam a alopecia, e causa calvície, devemos atuar nos fatores desencadeantes de cada uma das patologias isoladas. Atuamos no estresse, nos fatores hormonais, inflamatórios e também alimentares minimizando e ate cessando a queda patológica.

 

QUAIS FATORES PODEM ESTAR RELACIONADA A QUEDA DE CABELO E CALVÍCIE FEMININA?

 

Varias são as causas da queda de cabelo e calvície feminina dentre elas podemos citar as mudanças hormonais e no metabolismo , como na gestação ou parto, o uso de anticoncepcionais orais e menopausa.

Essas causas podem levar à queda de cabelo temporária, o que justifica boa parte dos quadros. A que pode ser vista com mais frequência é a hereditária.

Tanto homens quanto mulheres podem herdar dos pais genes responsáveis pela alopecia androgenética masculina e feminina respectivamente. Os homens sofrem mais com essa patologia e esta se inicia na puberdade com progessao ao longo dos anos.

Podemos notar também que alterações na tireóidea, anemias , infecções no couro cabeludo como as micoses e outras doenças como as auto imunes e inflamatórias podem culminar com a perda irregular dos fios. Estresse físico ou emocional pode também iniciar uma alopecia, alem de medicamentos como os quimioterápicos e também os usados em tratamento de artrite, depressão, problemas cardíacos e pressão alta.

Por fim, devemo sempre nos atentar para a perda de cabelo por arrancamento,tanto por tração por penteados, como por transtorno pisicológico como a tricotilomania, que pode ser responsável por falhas no couro cabeludo e pelos da barba. Procure sempre um dermatologista para saber em qual seu diagnostico correto.

 

É POSSÍVEL REVERTER QUADROS DE CALVÍCIE NA MULHER? ATÉ QUANDO É POSSÍVEL?

 

É possível sim, desde que procure seu dermatologista para saber acerca do correto diagnostico e afim de escolher a melhor terapêutica .

Dessa forma pode-se atuar no controle das doenças sistêmicas que causam a queda como alterações na tireoide, lupus e também na regulação hormonal.

Deve-se tratar com vitaminas orais, shampoos anti queda, tônicos tanto de dia como noite alem também de mesoterapia capilar e laser.

O cabelo pode ser recuperado,desde que o bulbo capilar esteja viável. Caso ocorra cicatrização desse bulbo apenas com transplante capilar é possível reverter o quadro de calvice.

 

QUAIS AS DICAS PARA MANTER OS CABELOS LIVRE DAS QUEDAS?

 

Para termos cabelos saudáveis e evitar a queda devemos ter uma alimentação rica em legumes, frutas e verduras que confere ao organismo os nutrientes necessários para evitar a queda de cabelo.

Outro ponto importante a ser visto é se o organismo apresenta alguma alteração na sua fisiologia pois se tiver algum distúrbio sistêmico este deve ser sanado para evitar possíveis quedas capilares.

Devemos nos atentar também a não dormir e não prender os cabelos molhados.

Evitar água quente, secador,chapinhas e outros produtos químicos que danificam a raiz e o comprimento do fio.

Deve-se pentear os cabelos com pentes de cerdas largas e lavar somente com shampoo e condicionador adequados os tipo de cabelo. Tudo lara manter sempre os cabelos com aspecto saudáveis.

 

Crédito:Cris De Luc

Autor:Heidy Silva

Fonte:Universo da Mulher