Rio de Janeiro, 30 de Maio de 2017

Tempo

Tempo
Tic-tac... Passamos boa parte da vida contando os segundos, os minutos, as horas para que chegue o momento em que iremos superar aquela dor, o dia em que esqueceremos certo sentimento, a época de comemoração de uma data, o momento em que veremos aquela pessoa... Sofremos a angústia e a ansiedade dos ponteiros que se arrastam como se fossem nossos torturadores.
Quando o dia finalmente chega, nos preocupamos tanto com o tempo passando que mal aproveitamos o que está à nossa frente.
 
E o tic-tac continua.
O tempo vira nosso pior inimigo e nos faz ter vontade de materializá-lo para conseguirmos enfrenta-lo frente a frente. Tolos, não sabemos que jamais podemos agir de igual para igual com ele. Pois, somos apenas aprendizes (de péssimo nível), enquanto ele, nosso generoso mestre.
 
Se não fosse por ele, como aprender a sentir a saudade? Como chorar pelo passado perdido, como se alegrar pela certeza de um futuro de esperanças? Se não estivesse presente em nossas vidas, como quantificarmos os dias de namoro, de casamento e as felicidades vindas dos relacionamentos? Como, principalmente, acreditar que aquele alguém que vive longe na data prevista chegará ou crer na cura de um coração partido que queima todo o nosso corpo e que pensamos ser um caso sem remédio. 
 
Devemos lembrar que o tempo passa devagar é porque há uma razão: precisamos ser pacientes e aprender a conviver com a ansiedade e se passa rápido há igualmente um motivo – o de ficarmos com uma vontade de querer sempre mais. Afinal, excesso é sempre maléfico. E o mestre sabe disso.
Pacientemente, ele nos ensina. E apesar dos xingamentos, ofensas e ameaças, continua ali, soberano e tranqüilo a trabalhar na cura de nossos males e a despertar a intensidade dos nossos sentimentos. Enquanto nós, reles aprendizes, não prestamos atenção nas aulas, focando nossos olhos apenas nos castigos – merecidos - que nosso mestre nos dá. Tic-tac.
 
 
 
Contato: mayarapaz@hotmail.com
Orkut: Mayara Paz
 
 

Crédito:Mayara Paz

Autor:Mayara Paz

Fonte:Universo da Mulher