Rio de Janeiro, 30 de Abril de 2017

Nasce uma Estrela

 
Faustino Vicente *
 
O titulo acima é o nome de um  inesquecível filme (1976) com a atriz Bárbra  Streisand, que interpretou a vida de Ester Hoffman, uma cantora inocente,que sonha com o estrelato.
 
Esta referência é para estabelecermos uma relação com a  apresentação de Susan Boyle, (48 anos) cantora  (amadora) escocesa que se tornou uma celebridade ao interpretar  a música I Dreamed a Dream (Sonhei um  sonho), no famoso programa da TV inglesa, Britain’s Got Talent.
 
 
Após os jurados a receberem com cinismo, ironia e deboches, graças a sua aparência física estar fora dos padrões que a sociedade (comercialmente) elegeu como modelo de excelência, ela soltou a sua maravilhosa voz e...”calou” o júri e a plateia.
 
Eles se curvaram diante do talento de Susan Boyle e ela foi aplaudidíssima.
 
Se esta apresentação será o primeiro passo de uma brilhante carreira ainda não sabemos, mas as cenas  representaram mais um deprimente espetáculo exibido pela TV.
 
O constrangimento imposto à Susan – fenômeno na web -  é semelhante, ao que ocorre no cotidiano com corrupção de políticos,  elevada carga tributária,  baixos proventos de pensionistas e aposentados, elevadíssimos juros bancários e péssimos serviços prestados pelas empresas campeãs em reclamações no PROCON.
 
O desrespeito às pessoas encontra-se, também, nos serviços públicos ( educação e saúde)  de baixa qualidade, na intolerância às “diferenças”, nas condições inadequadas às pessoas com necessidades especiais e na grosseria com que muitos gerentes tratam seus funcionários.
 
A falta de respeito para com os professores em sala de aula, o preconceito, a violência doméstica, a discriminação, a exclusão social, escravidão infantil e o desmatamento criminoso são fatos, que a tão cortejada “era do conhecimento” não conseguiu erradicar.
 
Solução?
 
Independentemente de credo religioso: amar ao próximo como a si mesmo.
 
Para nossa reflexão deixamos a célebre frase do líder pacifista indiano, Mahatma Gandhi (1869-1948) :
“Miséria, a mais cruel das violências,”
 
 
 
 
 
* Faustino Vicente  -  Consultor de Empresas  - tel.(11) 4586.7426 – Jundiaí (Terra da Uva) – São Paulo  - Brasil
 

 

Crédito:Luiz Affonso

Autor:Faustino Vicente

Fonte:Universo da Mulher